Adaptação escolar: como fazer esse processo ser mais tranquilo para a criança?

9 MINUTOS DE LEITURA
1701
adaptacao escolar importancia|adaptacao-escolar|adaptacao-escolar|
Mãe participa da adaptação escolar do filho

Primeiro dia de aula na escola nem sempre é a maravilha que imaginamos. Afinal, trata-se de um momento de muita expectativa e tensão para os pequenos. Não é à toa que muitos deles choram — e com isso o nosso coração também fica apertado, não é mesmo? Por esse motivo, devemos ter muito cuidado com a adaptação escolar.

Um começo traumático pode fazer com que a criança não queira frequentar o ambiente escolar e, então, o trabalho é dobrado para convencê-la a estudar. É a primeira vez da criança na escola? Então continue lendo este post, pois trouxemos dicas valiosas para ajudar nessa fase. Confira!

Qual a importância do processo de adaptação escolar?

Além de ser um ambiente de educação, a vida escolar é fundamental para a construção dos vínculos sociais das crianças. O desenvolvimento de autonomia e independência dos pequenos também é estimulado durante essa fase.

Porém, é bom ressaltar que há todo um processo de adaptação nesse novo ambiente, o que pode levar apenas alguns dias ou até semanas, dependendo de cada um. Assim, enquanto alguns se adaptam mais rapidamente, outros levam mais tempo para assimilar as mudanças ou até mesmo têm dificuldade para aceitar permanecer na escola.

A necessidade de se ajustar ao ambiente escolar pode ter diferentes causas, como a primeira vez que a criança vai à escola, mudança para outra turma ou para outra instituição. Sendo assim, é importante que esse processo seja conduzido com uma boa dose de paciência, compreensão e apoio da família para tornar essa adaptação mais fácil.

Como ajudar na adaptação escolar da criança?

Deu para entender como é importante a participação dos pais e responsáveis na adaptação da criança na rotina escolar, não é mesmo? Neste tópico, vamos conferir algumas dicas para preparar a garotada para o início das aulas.

Converse com a criança

É bom se preparar, pois, pode acontecer de os pequenos ficarem animados nos primeiros dias, mas se recusarem ou chorarem para ir à escola depois. Isso geralmente acontece quando eles percebem que vão precisar ir todos os dias.

A boa notícia é que eles entendem muito mais do que podemos imaginar. Assim, uma boa conversa sobre a escola e os estudos já ajuda (e muito) para diminuir a sensação de ansiedade. Mesmo que eles sejam bem novos, faça questão de explicar o que é essa fase e a importância de frequentar o colégio.

Para as crianças maiores que vão começar em uma escola nova, pergunte quais são as angústias e expectativas. Ouça o que elas têm para falar e tranquilize-as. Diga que, no início, pode dar medo mesmo, mas logo elas estarão envolvidas e superfelizes com os amigos, os professores e o ambiente em si.

Mostre os pontos positivos da escola

Quando temos receio de algo novo, é sempre bom ouvir os pontos positivos a respeito. Assim também acontece quando as crianças precisam ir à escola pela primeira vez. Falar para elas sobre os amigos que vão fazer, os professores legais que conhecerão e as brincadeiras e as atividades divertidas que o colégio oferece é uma ótima ideia.

Melhor ainda se o pequeno tiver oportunidade de conhecer o local antes das aulas começarem. Se for possível, leve-o até a escola e apresente toda a estrutura. Assim, ele ficará empolgado para começar o quanto antes.

Estabeleça uma rotina em casa

Ter uma rotina é importante na vida de uma criança, pois isso transmite uma percepção de segurança e conforto. Porém, quando ela começa a ir para a escola, a rotina da casa muda totalmente.

Por esse motivo, é preciso adaptar a garotada aos novos horários e às demandas que o colégio estabelece, como as tarefas e trabalhos. E, tratando de crianças mais novas, o melhor é que a rotina seja afetada o menos possível para que o impacto seja menor. A dica é, alguns dias antes, iniciar os hábitos que ela deverá adquirir quando iniciarem as aulas.

Por exemplo: horários para dormir e acordar, o momento das refeições, o período de fazer o dever de casa etc. Crianças pequenas, que ainda têm a hora do cochilo, também devem se acostumar com o horário que a soneca acontece na escola. Então, inicie aos poucos, com antecedência, para que o impacto não seja grande quando as aulas começarem.

Cumpra com o que prometer

Apesar de parecer óbvio, é importante estar atento às promessas e buscar sempre manter a palavra. Nós, adultos, prometemos muitas coisas às crianças e, às vezes, nos esquecemos disso. Porém, elas têm uma memória apurada e fazem questão de lembrar.

Na hora da despedida, por exemplo, evite dizer que daqui a pouquinho já estará de volta para buscar a criança. Isso pode criar expectativas que não condizem com a realidade, gerando insegurança. Se a promessa for ajudá-la com as tarefas de casa, não deixe essa responsabilidade de lado.

Do mesmo modo, se você disse que compraria o material escolar do personagem preferido dos pequenos (por exemplo, dos filmes Frozen ou da Marvel), não prorrogue para última hora. Assim, você também ensinará bons valores para elas, como honrar com os compromissos que assume.

Acompanhe as lições de casa

Para um processo de adaptação escolar de sucesso, é essencial que os responsáveis sejam incluídos de maneira ativa. Uma das formas de fazer isso é acompanhar as lições de casa da garotada, ajudando a esclarecer dúvidas e mostrando-se interessado nas atividades relacionadas à escola.

Lembrando que também é importante que você deixe a galerinha pensar nas respostas por si só, apenas auxiliando no caso de dúvidas. Afinal, a lição de casa tem como objetivo estimular as crianças a aprenderem a pensar sozinhas.

Além das tarefas de casa, procure se envolver também nas outras atividades extraescolares propostas pela instituição, como montar um quebra-cabeça, pintar uma imagem ou construir uma maquete. Mas, não se esqueça de que você deve apenas acompanhar a realização das tarefas e deixar os pequenos fazerem o trabalho.

Envolva a criança nos preparativos para voltar às aulas

Qual a criança que não gosta de participar dos preparativos para a volta às aulas? Incluir a turminha um pouco maior nesse processo vai fazer com que sintam-se parte de tudo isso, o que ajuda a aumentar a sensação de confiança para iniciar um novo ciclo.

Para isso, deixe que a própria criança escolha alguns materiais que vai usar na escola, como preferir um caderno de personagens Disney ou uma mochila da Patrulha Canina. Além da compra dos itens escolares, procure envolvê-la na hora de separar o uniforme para o dia seguinte ou arrumar a mochila para usar na nova escola.

Se for possível, faça o trajeto junto até o colégio, seja a pé, seja de carro. No caso das crianças maiores, é interessante aprender um pouco sobre a instituição de ensino, conferindo fotos e imagens para já ir se acostumando com o ambiente. Caso a escola seja em outra cidade, aproveitem para aprender algo sobre essa nova cidade também.

Torne a escola uma extensão do lar

Mais uma forma de ajudar no processo de adaptação escolar das crianças, especialmente as menores, é fazer o possível para que tenham a sensação de que a escola é uma extensão do lar. Para isso, uma dica é permitir que levem o brinquedo favorito, pelúcia ou mesmo um paninho que costumam usar e que tenha o “cheirinho” do lar.

Ter esses objetos em mente é como ter um pedaço da casa por perto, o que contribui para que a transição aconteça com mais tranquilidade. Com o passar do tempo, os pequenos não sentirão mais a necessidade de ter esses objetos por perto ao ir para a escola.

No caso de crianças maiores, você pode tirar a cópia de uma foto com toda a família para elas deixarem na mochila ou no caderno. Outra dica é dar a elas uma lembrancinha de um momento divertido que passaram juntos no final da semana. Pode ser, por exemplo, um desenho que fizeram ou coloriram juntos.

Transmita segurança

adaptacao-escolar

Como já mencionamos ao longo deste artigo, afastar-se das pessoas conhecidas e do ambiente do lar pode gerar insegurança nas crianças, o que é algo completamente natural. Apesar disso, é possível e também importante ajudar para que elas possam se sentir mais seguras no período de adaptação escolar.

Na hora de deixar a criança na escola, evite despedidas longas ou sair quando ela estiver distraída, o que pode fazer com que se sinta ansiosa e abandonada. O ideal é garantir que ela entenda que você voltará daqui algumas horas e que não está sendo deixada para trás, mas que está ali para vivenciar novas brincadeiras e se divertir com os amigos.

Esse momento também pode ser um momento difícil para os adultos. Por isso, tome cuidado para não deixar de transparecer a emoção na hora de se despedir, já que isso só vai deixar os pequenos inseguros. Entenda que, mesmo que ele chore, será amparado pela educadora.

Mas, se mesmo assim você tiver dificuldade em lidar com a situação, converse com os professores e procure conhecer o funcionamento do local. Assim, será mais fácil ter confiança na instituição e repassar otimismo para a criança.

Como vimos até aqui, a adaptação escolar pode não ser uma tarefa fácil. Tudo o que é novo, assusta, ainda mais quando se tem tão pouca idade. Por isso, é nossa missão deixar as crianças seguras e autoconfiantes para encararem esse desafio com tranquilidade.

Quer ficar por dentro de todas as nossas dicas sobre o universo infantil? Então, siga agora mesmo nossas redes sociais! Estamos no Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube.

iupii

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Mais

brincadeiras legais|brincadeiras legais
29969

10 brincadeiras legais para fazer em casa

Quer algumas dicas de brincadeiras legais para fazer em família? Leia o nosso post agora mesmo e confira 10 sugestões divertidas!
Imagem de duas mulheres e uma criança jogando videogames
0

Confira uma lista com 8 dos melhores jogos para PS4

Quem é apaixonado pelo mundo dos games certamente conhece o PlayStation. Esse console é um dos mais famosos para quem ama jogar, por isso está...
Imagem de duas crianças jogando xadrez
1326

Jogo de xadrez para crianças: conheça os benefícios e como incentivar os pequenos a jogar 

Depois da estreia de O Gambito da Rainha, na Netflix, muita gente voltou a se interessar pelo xadrez e viu quão divertido e emocionante é...
três crianças sentadas no chão da sala segurando controle jogando os melhor jogos do xbox one
0

Confira uma lista com os 6 melhores jogos do Xbox One

O mundo dos games é uma verdadeira paixão para todas as idades. Os gráficos incríveis e as histórias fantásticas tornam essa atividade muito divertida para...
lenda do saci|lenda do saci
3165

Conheça a lenda do Saci e o que as crianças podem aprender com ela

A lenda do Saci traz muitos ensinamentos. Por isso é interessante valorizá-la e contá-las às crianças. Em nosso post, falamos sobre o assunto. Confira!
pai e filho jogando bola em quadra representando os jogos para pai e filho
0

Jogos para pai e filho: 8 brincadeiras para se divertir!

Quer estreitar os laços com seu pequeno e não sabe como começar? Que tal programar um dia inteirinho com jogos para pai e filho? Assim,...