Tudo o que você precisa saber sobre amamentação livre demanda

4 MINUTOS DE LEITURA
42
Imagem de uma mulher amamentando

A amamentação livre demanda proporciona alimentação adequada para o bebê. E Por isso, essa prática é recomendada pelo Ministério da Saúde.

Adotá-la significa contribuir de forma ativa para o desenvolvimento saudável da criança, além de fortalecer o vínculo com ela.

Continue lendo para entender todos os benefícios dessa abordagem e aprender a aplicá-la de forma segura.

Como a amamentação livre demanda funciona e quais são os benefícios dela?

Esse método de alimentação do bebê respeita as necessidades naturais. Por meio dele, a criança recebe leite materno sempre que sentir fome, sem limites de horário para cada mamada. Isso é recomendado por trazer diversos benefícios.

Para as mamães, amamentar com frequência garante a reposição do leite, ajuda a evitar incômodos, como inflamações, além de proteger contra hemorragias e até alguns tipos de câncer.

Para os pequenos, a livre demanda colabora com o crescimento feliz e saudável. Ela proporciona todos os nutrientes que eles precisam para se desenvolverem bem, ficarem mais tranquilos e dormirem melhor.

Implementação da amamentação livre demanda

O choro do bebê pode ter vários motivos, nem sempre fome. Isso pode deixar algumas mães inseguras, principalmente no começo, quando ainda estão aprendendo a decifrar os sinais dados pela criança.

Porém, com tempo e convivência, é possível entender o que cada som e gesto significa. A partir disso, o aleitamento em livre demanda fica muito mais fácil e natural.

Abaixo, você confere algumas dicas importantes para implementar a amamentação livre demanda.

Tipos de choro

Normalmente, além do movimento de sucção, ao chorar devido à fome, o bebê emite um som semelhante a “unhé”. Ao estar atenta, é possível reconhecer esse sinal específico e implantar o aleitamento materno em livre demanda com mais segurança.

Sinais antes do choro

A maioria dos sinais que o bebê dá para indicar que está com fome é relacionada ao comportamento. Antes de chorar, ele pode:

  • fazer movimento de sucção com a boca;
  • levar as mãos à boca;
  • virar a cabeça de um lado para o outro, como se estivesse procurando o peito da mãe;
  • resmungar, demonstrando desconforto e irritação.

Imagem de uma mulher amamentando

Oferta sem restrições

Assim que perceber sinais de fome, a mãe deve oferecer o peito sem se preocupar com horários. O aleitamento materno sem restrições permite que a criança mame sempre e quanto precisar. Portanto, é importante estar disponível para isso.

Construção de rotina

A experiência diária com o bebê desenvolve uma rotina própria. Falar suavemente com ele, fazer contato visual e abraçá-lo demonstra carinho e segurança durante os momentos de amamentação.

Amamentação livre demanda e retorno ao trabalho

As dicas abaixo servem para a mãe conciliar o retorno ao trabalho e a amamentação livre demanda, garantindo que o bebê continue recebendo os benefícios do leite materno:

  • armazene leite 15 dias antes de voltar ao trabalho;
  • use frascos ou sacos próprios para guardar o leite e etiquete cada um com a data de extração;
  • use uma bomba de extração para retirar leite várias vezes ao dia;
  • planeje horários específicos para extrair leite durante o expediente, pelo menos, de duas a três vezes por dia;
  • use uma geladeira ou um cooler com gelo para armazenar o leite e certifique-se de que o local de trabalho possui espaço adequado para deixar o recipiente.
  • instrua os cuidadores a descongelar e aquecer o leite. Também garanta que eles ofereçam o alimento sempre que o bebê desejar;
  • mantenha a rotina e amamente diretamente o bebê sempre que estiver em casa e durante a noite.

Encontre tudo sobre maternidade aqui, no blog Modo de Brincar

Adotar a amamentação livre demanda é confiar no instinto materno e na capacidade do bebê de mostrar o que precisa. Acolha os momentos de proximidade e carinho, sabendo que cada mamada é uma oportunidade de fortalecer o vínculo entre vocês.

Esse contato frequente é fundamental para o lado emocional da criança, proporcionando segurança, conforto e tranquilidade. No blog Modo Brincar, você encontra uma série de conteúdos sobre maternidade que podem ajudar em cada etapa desse processo.

ATIVIDADES #MODOBRINCAR

Se divertir é

UAAAAAU!

Kaboom

Leia Mais

iupii

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *