Brinquedos dos anos 90 que são muito atuais

Imagem de uma criança brincando com brinquedos dos anos 90. Ela está sentada próximo a uma mesa e um sofá.

Como todo produto, os artigos voltados ao público infantil passam por constantes transformações. Novos materiais, processos de fabricação e tecnologias surgem para melhorar a qualidade dos itens, mas sempre há exemplares que não perdem lugar no mercado. É o caso de alguns brinquedos dos anos 90.

A época foi marcada pela ampla oferta de jogos, bonecos e peças interativas. Em um tempo livre das distrações dos dispositivos conectados à rede, como televisão, celular e videogame, a criançada se reunia com mais frequência para se divertir com os amigos e familiares.

Que tal, então, resgatar essas memórias com a galerinha e refletir sobre a evolução das brincadeiras? Veja os tipos de brinquedos que podem ajudar!

Quais brinquedos dos anos 90 estão em alta?

Você consegue listar as atividades que fizeram sucesso há alguns anos, certo? A boa notícia é que muitas estão de volta para animar os dias em família. E já que brincar é um ato importante para o bom desenvolvimento infantil, nada melhor que incluir brinquedos antigos dos anos 90 na rotina.

Seguem alguns exemplos interessantes para você escolher, apresentar à nova geração e brincar com a molecada da mesma forma que brincava na sua infância.

Pega Varetas

Esse jogo exige bastante concentração e destreza dos participantes. Afinal, a proposta é fazer com que o máximo de varetas sejam capturadas, com movimentos rápidos e planejados. As hastes são de cores variadas e cada tonalidade é associada a uma pontuação específica.

É difícil encontrar alguém que não ficava ansioso no momento de tocar a vareta desejada, pois ela precisava ser retirada sem que alterasse a posição das demais. Logo, se a intenção é reunir a turminha para um desafio de habilidades manuais, o Pega Varetas se torna um ótimo brinquedo.

Pogobol

Quem nunca se deparou com as propagandas desse produto? Era comum ver na tela da televisão várias crianças pulando sobre um objeto que mais parecia um disco voador. O Pogobol também poderia ser facilmente comparado ao planeta saturno e seus belos anéis.

É um dos brinquedos dos anos 90 que ajuda a gastar a energia da molecada. Isso porque exige que as crianças apoiem os pés nos discos e, levantando impulso, comecem a saltar com a ajuda da bolinha que fica na base. E mais: tem versões de várias cores.

Pula Macaco

Outro kit que pode compor a brinquedoteca de casa é esse clássico dos anos 90. A ideia é fazer com que os participantes consigam pendurar o máximo de macacos na árvore, em busca de bananas. Ganha quem conseguir colocar o maior número de animais nos galhos.

Na atividade, cada jogador recebe um grupo de macacos e um acessório usado para jogá-los em direção à árvore. Vale a pena testar vários ângulos de lançamento, de modo que a habilidade melhore a cada partida. Essa expectativa pelo aprimoramento da técnica é o que torna o Pula Macaco tão atrativo.

Pescaria

Como era bom pegar as varinhas de plástico e mirar nos peixes que ficavam se mexendo no lago, concorda? A Pescaria é um dos brinquedos mais famosos dos anos 90 e continua em alta por conta da variedade de modelos. Hoje, você encontra desde a versão tradicional até as que envolvem água de verdade.

Para começar a diversão, basta posicionar os peixes no reservatório e acionar o sistema que movimenta as peças. Cada jogador deve ter uma vara em mãos para tentar capturar o maior número de peixinhos. Os componentes são equipados com ímãs para facilitar a retirada.

Imagem de uma criança brincando com legos.

Lego

Os pequenos blocos de montar permanecem fazendo sucesso, sendo responsáveis por muitos momentos nostálgicos. Com as peças de Lego é possível criar praticamente tudo o que você imaginar, desde objetos e construções até cenários inteiros. Não há limites para despertar a imaginação.

O brinquedo tem tanta demanda que as fabricantes investiram em versões inspiradas em diferentes áreas do entretenimento. Como resultado, os consumidores encontram desde o projeto clássico até modelos baseados em jogos (Minecraft), filmes e séries (Marvel e Star Wars).

Pequeno Construtor

Esse brinquedo também se destaca entre as peças de montar e recebe vários nomes. Variações como Pequeno Arquiteto e Futuro Engenheiro são as mais comuns, mas o propósito é o mesmo: combinar pequenos blocos do jogo para obter casas, mansões, castelos e o tudo o que a criançada quiser.

O Pequeno Construtor é daqueles brinquedos antigos dos anos 90 que praticamente toda família tinha em casa. Ele é composto por peças variadas, em forma de quadrado, retângulo e triângulo. Assim, além de estimular as crianças a criar estruturas, acaba facilitando a identificação de diferentes geometrias.

Cara a Cara

Ideal para quem gosta de bancar a figura de um detetive ou apenas testar a própria memória. Trata-se de um tabuleiro com duas partes iguais, que expõem diferentes tipos de pessoas. As feições variam, com indivíduos loiros e morenos, homens e mulheres, barbas e cabelos grisalhos, entre outros detalhes.

O objetivo é estimular cada participante a pegar uma carta do baralho que contém a figura de todas as pessoas representadas no tabuleiro. Então, com base em perguntas sobre as características do rosto, os jogadores vão filtrando as peças até chegarem na figura correspondente.

Vence quem descobrir o conteúdo da carta do adversário primeiro. Vale dizer que Cara a Cara já pode ser encontrado em edições atuais, com foco em princesas da Disney e até personagens da saga Harry Potter.

Por que vale a pena investir nessas opções?

Existem brinquedos dos anos 90 para cada faixa etária e versões atualizadas que chamam a atenção de qualquer público. A principal razão para trazer versões antigas para as crianças está na possibilidade de trocar vivências e propor formas inovadoras de interagir com essa galerinha.

Enquanto explicam o funcionamento dos jogos antigos, os adultos conseguem despertar a curiosidade das crianças e motivá-las a participar de novas brincadeiras. Nesse processo, todos têm uma boa dose de diversão em grupo, o que fortalece vínculos e gera ótimas lembranças.

Gostou de relembrar alguns brinquedos dos anos 90? Como vários deles ainda estão disponíveis no mercado, podem ser considerados excelentes produtos para dar de presente em qualquer data. Basta explorar as categorias e selecionar os modelos que combinam com as preferências da família.

Aproveitando que o assunto é recreação, veja também opções de brincadeiras antigas para apresentar às crianças.

iupii

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Mais

brincadeiras legais|brincadeiras legais
29969

10 brincadeiras legais para fazer em casa

Quer algumas dicas de brincadeiras legais para fazer em família? Leia o nosso post agora mesmo e confira 10 sugestões divertidas!
Imagem de duas mulheres e uma criança jogando videogames
0

Confira uma lista com 8 dos melhores jogos para PS4

Quem é apaixonado pelo mundo dos games certamente conhece o PlayStation. Esse console é um dos mais famosos para quem ama jogar, por isso está...
Imagem de duas crianças jogando xadrez
1326

Jogo de xadrez para crianças: conheça os benefícios e como incentivar os pequenos a jogar 

Depois da estreia de O Gambito da Rainha, na Netflix, muita gente voltou a se interessar pelo xadrez e viu quão divertido e emocionante é...
três crianças sentadas no chão da sala segurando controle jogando os melhor jogos do xbox one
0

Confira uma lista com os 6 melhores jogos do Xbox One

O mundo dos games é uma verdadeira paixão para todas as idades. Os gráficos incríveis e as histórias fantásticas tornam essa atividade muito divertida para...
lenda do saci|lenda do saci
3165

Conheça a lenda do Saci e o que as crianças podem aprender com ela

A lenda do Saci traz muitos ensinamentos. Por isso é interessante valorizá-la e contá-las às crianças. Em nosso post, falamos sobre o assunto. Confira!
pai e filho jogando bola em quadra representando os jogos para pai e filho
0

Jogos para pai e filho: 8 brincadeiras para se divertir!

Quer estreitar os laços com seu pequeno e não sabe como começar? Que tal programar um dia inteirinho com jogos para pai e filho? Assim,...