Como fazer um caça ao tesouro para brincar com o seu filho

6 minutos para ler

As brincadeiras vão muito além de um simples passatempo. Na verdade, elas são uma forma incrível de aprendizado, você sabia? Pense no caça ao tesouro, por exemplo. Quantas valiosas lições você consegue ensinar às crianças!

Sem muitos segredos para ser preparada, mas com muitos mistérios para serem desvendados, esse brincadeira é capaz de unir a família toda. Mas não se engane pensando que somente os pequenos saem ganhando — é uma diversão para qualquer um que participa!

E aí, vamos aprender a fazer um caça ao tesouro inesquecível? Continue a leitura e confira!

Como fazer um caça ao tesouro?

O “caça ao tesouro” é um tipo de jogo em que os participantes devem resolver os enigmas das pistas para encontrar a sua recompensa. Cada mistério revelado indica o lugar em que o próximo está escondido até chegar no grande prêmio. Falando assim, dá até vontade de voltar à infância e brincar de novo, não é mesmo? Saiba que está liberado!

Sabe aquele feriado que reúne toda a família e quase pede um evento especial? Esse pode ser o momento perfeito para um caça ao tesouro bem lúdico e divertido, envolvendo pessoas de diversas idades. Gostou da ideia? Então, não perca as dicas que preparamos para você!

Escolha o prêmio final

caça ao tesouro

Essa brincadeira não existe sem um tesouro! Tenha em mente que ele precisa ser muito bem pensado. No final das contas, é ele o motivo pelo qual as crianças estão se esforçando no jogo. Por isso, fazer um baú com uma caixa antiga encapada com papel marrom e dourado é o primeiro passo. Não se esqueça de deixá-lo bem bonito para a surpresa ser ainda mais valiosa aos olhos da turminha, ok?

Essa recompensa pode ser tanto um conjunto de lembrancinhas, como bolhinhas de sabão e jogos de carta, quanto um lanche bem gostoso para repor a energia dos pequenos depois de tanta diversão! Existem alguns acessórios que imitam tesouros piratas ou espaciais, com moedas colecionáveis. Que tal adicioná-las ao baú e deixá-lo ainda mais atrativo?

Faça a carta

O caça ao tesouro precisa de uma narrativa que motive os participantes. É a carta do pirata ou do rei que serão o elemento-chave desse cenário. Elabore um texto bem cativante para que as crianças se envolvam na história. Deixe sua imaginação e criatividade fluírem para criar uma algo incrível e que deixe todos os participantes curiosos.

Para dar um visual ainda mais realista, você pode pegar um papel amarelado para escrever o bilhete. Com uma vela, queime as bordas da folha para dar um aspecto envelhecido. Fica demais!

Elabore as pistas

As pistas são parte fundamental da brincadeira. Quanto mais dinâmicas e variadas, mais legal a atividade fica. Para isso, o primeiro passo é considerar a faixa etária das crianças. Até os 6 anos, a capacidade de se concentrar é de cerca de 40 minutos. Após essa idade, uma hora é um bom tempo.

Além disso, os enigmas devem ter grau de dificuldade de acordo com a capacidade dos pequenos. Para crianças mais novas, experimente perguntas curtas e pequenas tarefas, como seguir o barbante. Quer outras ideias de charadas para todo mundo? Olhe só:

  • perguntas sobre personagens;
  • corrida do saco;
  • montar quebra-cabeça;
  • dançar uma música;
  • imitar um animal;
  • dar cambalhotas;
  • brincar de morto-vivo ou estátua.

Decore o local

Para dar um clima especial ao evento, que tal tornar o local todo decorado? Leve em consideração o tema escolhido: se foi de pirata, de reino, entre outros. Aproveite para colocar alguns elementos que possam deixar o ambiente mais próximo do jogo. Assim, a criançada fica super empolgada.

Hoje em dia, você pode encontrar diversos itens na internet já prontos, bastando apenas imprimir, como bandeiras, coroas e acessórios bem realistas. Usar material reciclado também é uma ótima ideia. Além de ter um baixo custo, o planeta agradece!

Se tiver a ajuda de outros adultos, eles podem se vestir a caráter e ficar com a responsabilidade de distribuir a primeira pista. Existem muitas fantasias legais, que vão envolver ainda mais a meninada.

Abracem a diversão

Chegou a hora de brincar! Estão todos preparados? Junte toda a turminha para explicar as regras da atividade. Se muitas crianças forem participar ou se a faixa etária delas for menor, forme duplas para facilitar a brincadeira.

É nesse momento que você deve falar também sobre a importância do espírito esportivo e da cooperação. Explique que o prêmio maior é toda a diversão que vão passar juntos. Lembre-se de que é importante fazer com que todos cheguem ao tesouro ao mesmo tempo para que possam aproveitar unidos!

Se, no meio do caminho, algo não sair como você planejou, não tem problema — nada de desânimo! Contorne esse desafio da forma que conseguir e se entregue à diversão!

Qual é a importância de brincar de caça ao tesouro?

Com a infinidade de jogos e atividades que existem por aí, você talvez ainda esteja na dúvida: por que escolher o caça ao tesouro?

Primeiro porque é muito divertido e estimulante para a criançada. A charada é um recurso que estimula o raciocínio dos pequenos e prende a atenção deles na melhor resolução. Quando mais desafiadora, melhor!

Além disso, por trás de tanta diversão há um universo de aprendizado. Ao explorar o jogo, os pequenos trabalham em equipe para resolver as questões juntos e exercitam o cooperativismo. Isso sem falar que as perguntas podem incentivar valores que serão transmitidos de forma lúdica.

Escolhendo um prêmio simples, mas atrativo para seu público, você ainda consegue ensinar que o que importa mesmo na brincadeira é o momento compartilhado — muito mais do que qualquer tesouro.

O caça ao tesouro é uma brincadeira cheia de diversão e aprendizado tanto para as crianças quanto para os adultos. É uma excelente forma de passar mais tempo com os pequenos, estreitar os laços e gerar boas memórias. Ou seja, é tudo de bom!

E aí, quer saber das nossas novidades em primeira mão? Então, assine a nossa newsletter agora mesmo e receba tudo na sua caixa de e-mail. Que tal?

Posts relacionados

Deixe um comentário