Com quantos meses o bebê começa a andar? Veja como estimular a criança

7 MINUTOS DE LEITURA
356
com quantos meses o bebê começa a andar
Bebê de pé brinca com elefante de pelúcia

Muitos pais, especialmente os de primeira viagem, se questionam com quantos meses o bebê começa a andar, não é verdade? Isso porque há alguns pequenos que iniciam bem cedo, enquanto outros levam um pouco mais de tempo — o que é supernormal, vale dizer, mas que ainda assim acaba gerando dúvidas, ansiedade e muita expectativa.

Por isso, resolvemos esclarecer o assunto, mostrando não só quando ocorre essa fase no desenvolvimento das crianças, mas também quais ações você pode colocar em prática para adaptar o lar para elas e conseguir estimulá-las a se superarem cada vez mais nos desafios desse período. Acompanhe e fique por dentro das nossas dicas!

Afinal, com quantos meses o bebê começa a andar?

Vamos iniciar respondendo com quantos meses o bebê começa a andar. Os primeiros passos ocorrem, em média, a partir do 10° mês de vida, quando a musculatura da criança já está mais desenvolvida e a estrutura óssea dela mais fortificada. Geralmente, o bebê já engatinha bem antes disso e está em constante movimento para lá e para cá.

Porém, com as mudanças no próprio corpo e a curiosidade constante para ver, conhecer e tocar o que está ao redor, o pequeno começa a tentar se apoiar nas coisas ou pessoas mais próximas para conseguir ficar de pé e, assim, expandir o alcance das mãos dele. 

Nesse período, também é comum ver algumas crianças tentarem se levantar sozinhas quando estão sentadas, buscando se equilibrar apenas com a força exercida nas pernas.

Não é à toa que esses são os primeiros sinais de que ele está deixando o hábito de engatinhar para trás para começar a andar. Por isso, vale a pena estar atento a eles para saber quando entrar em cena e oferecer estímulos extras para ajudar.

Como estimular o bebê a andar?

Como falamos há pouco, aprender a andar é um processo natural pelo qual os bebês passam e que, como você já deve ter conhecimento, não ocorre do dia para a noite.

Ele requer prática (muita prática!) para que haja estabilidade nos passos, controle da marcha, compreensão do próprio peso, domínio sobre os movimentos e aperfeiçoamento da coordenação motora. Portanto, os estímulos oferecidos pela família nesse momento são muito importantes.

Tenha em mente que eles contribuem para aumentar o interesse e o envolvimento da criança no ato de andar — o que, por sua vez, aumenta a prática dela e acaba acelerando os pontos que mencionamos há pouco.

Ou seja, eles fazem toda a diferença nessa etapa da vida! Por esse motivo, reunimos, abaixo, alguns dos principais e mais práticos incentivos que você pode adotar na rotina com o bebê. Veja!

Dê brinquedos que possam ser empurrados com o pé

A primeira dica é dar ao bebê alguns brinquedos que ele possa empurrar com os pés durante o uso, como os andadores e os primeiros passos — nos quais o pequeno se senta ou se apoia neles para caminhar ou simplesmente movimentá-los.

O motivo por trás dessa ideia é bem simples: ao usá-los no dia a dia, a criança acaba não só desenvolvendo os músculos das pernas, mas também tendo uma maior noção de impulso, força e equilíbrio corporal. Esses aspectos são excelentes, principalmente quando ela está se habituando aos primeiros passos.

Coloque um brinquedo na ponta do sofá

Ao começarem a andar, os bebês ainda têm pouca orientação espacial. Ou seja, não conseguem ter dimensão do espaço que ocupam, entenderem a distância entre eles e as pessoas ou objetos próximos e perceber qual caminho é o ideal para sair de um ponto ao outro. Por essa razão, há uma atividade ideal para trabalhar isso.

Trata-se de colocar a criança próxima a uma ponta do sofá, enquanto na outra fica algum boneco que ela gosta. Daí você estimula que o bebê caminhe do local em que está para pegar o objeto. Por ter o sofá tão perto, ele pode utilizá-lo para se apoiar e andar paralelamente ao móvel quando for preciso.

Segure a mão do bebê enquanto ele anda

Se a criança já consegue dar alguns passos, mas ainda falta um pouco de equilíbrio e coordenação motora, você pode ajudá-la guiando pela mão.

Esse vai ser um incentivo para lá de especial para o pequeno porque mostra que ele está no caminho certo, permite que ele passe mais tempo com os pais e, inclusive, que ele possa se espelhar nos movimentos que os adultos fazem ao caminhar para, a partir daí, repeti-los.

Coloque a criança para andar em diferentes texturas

Estímulos que desafiam positivamente também são muito bem-vindos durante o desenvolvimento do bebê. Isso porque é importante que o pequeno perceba que pode aprender coisas novas e aperfeiçoar o que já sabe. Uma boa sugestão para isso é colocá-lo para explorar ambientes nos quais o piso tem texturas diferentes.

Por exemplo, primeiro ele se habitua a andar dentro de casa sobre o piso firme de madeira ou porcelanato. Depois, passa a caminhar sobre tapetes e carpetes que têm um aspecto mais macio e maleável.

Já o próximo passo pode ser andar sobre a grama de um jardim, a terra de um parque e/ou a areia da praia. Isto é, locais que trazem um chão mais instável, com nivelações e elementos adicionais.

Ter esse tipo de experiência é muito valioso para que a turminha se sinta mais confortável em novos ambientes, se habitue a sensações físicas nos pés que ainda não conhece, aprimore os sentidos e tenha um maior controle do próprio corpo.

Organize o espaço da casa para torná-la mais acessível e segura

A última dica é pensar no espaço da sua casa a fim de torná-la mais acessível e segura. Na prática, isso significa deixar as áreas de circulação o mais livre possível, com o mínimo de móveis ou acessórios decorativos. Assim, o bebê pode caminhar por elas sem risco de acidentes por conta de esbarrões ou tropeços.

Além disso, uma vez que já conseguem andar, as crianças podem alcançar mais coisas que ficam expostas, por exemplo, na mesa de jantar, nos armários, na dispensa etc. Por isso, reforce a atenção quanto a itens frágeis, cortantes ou mesmo tóxicos, guardando-os em cantos mais altos ou em locais que podem ser trancados, combinado?

E então, entendeu tudo sobre com quantos meses o bebê começa a andar? Pois evite deixar a ansiedade tomar conta de você. Lembre-se que o pequeno está em processo de aprendizado e deve ser estimulado ao longo dele, jamais cobrado ou julgado. O apoio e o carinho dos pais é essencial para eles darem os primeiros passos!

E se você ficou com interesse em adquirir brinquedos de empurrar com os pés, aproveite para conhecer as opções de andadores e primeiros passos que você encontra na Ri Happy!

iupii

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Mais

Imagem de duas mulheres e uma criança jogando videogames
0

Confira uma lista com 8 dos melhores jogos para PS4

Quem é apaixonado pelo mundo dos games certamente conhece o PlayStation. Esse console é um dos mais famosos para quem ama jogar, por isso está...
Imagem de duas crianças jogando xadrez
1326

Jogo de xadrez para crianças: conheça os benefícios e como incentivar os pequenos a jogar 

Depois da estreia de O Gambito da Rainha, na Netflix, muita gente voltou a se interessar pelo xadrez e viu quão divertido e emocionante é...
três crianças sentadas no chão da sala segurando controle jogando os melhor jogos do xbox one
0

Confira uma lista com os 6 melhores jogos do Xbox One

O mundo dos games é uma verdadeira paixão para todas as idades. Os gráficos incríveis e as histórias fantásticas tornam essa atividade muito divertida para...
lenda do saci|lenda do saci
3165

Conheça a lenda do Saci e o que as crianças podem aprender com ela

A lenda do Saci traz muitos ensinamentos. Por isso é interessante valorizá-la e contá-las às crianças. Em nosso post, falamos sobre o assunto. Confira!
pai e filho jogando bola em quadra representando os jogos para pai e filho
0

Jogos para pai e filho: 8 brincadeiras para se divertir!

Quer estreitar os laços com seu pequeno e não sabe como começar? Que tal programar um dia inteirinho com jogos para pai e filho? Assim,...
Comemoração dia dos pais
533

Dia dos Pais: curiosidades e ideias para comemorar em família

O Dia dos Pais é uma data megaespecial comemorada em todo o mundo. Seu objetivo é homenagear a figura paterna, destacando o papel importantíssimo dessas...