Descubra como brincar de amarelinha

4 MINUTOS DE LEITURA
84
criança brincando na rua demonstrando como brincar de amarelinha

Se você quiser ir para o céu, precisa passar pela casa 10: o artigo de hoje do Modo Brincar é dedicado a uma das principais atividades que costumavam acontecer na rua antigamente. Você sabe como brincar de amarelinha?

Qual é a origem da amarelinha?

Acredita-se que a brincadeira tenha origem italiana, especificamente na Roma Antiga. Existem registros de crianças brincando nas vias da região em gravuras. Além disso, um estudioso inglês chamado Francis Willughby relatou o jogo no manuscrito Book of Games do século XVII.

Outra crença sobre a brincadeira de criança diz respeito ao simbolismo, que teria ligação com a trajetória percorrida pelo ser humano durante a vida. O que você acha?

O nome deriva da cor amarelo?

A amarelinha foi chamada assim devido aos franceses. A Jeu de marelle soava como “amarelo” em português. Porém, o significado dela não tem absolutamente nada a ver com a cor. Em tradução, seria algo como “jogar a pedrinha”, ação feita durante a brincadeira.

Quais são as regras da brincadeira?

Para aprender como brincar de amarelinha, vale conhecer a montagem do jogo. É comum utilizar um giz para desenhar as casas no chão, começando por “inferno”, em meia-lua, seguido de 1 quadrado que representa a casa 1, 2 quadrados representando as casas 2 e 3, e assim por diante.

Após a casa 10, vem o “céu”, também desenhado em meia-lua. Ao terminar o desenho, os jogadores já podem sortear quem vai começar a brincar de amarelinha!

Cuidado para não perder a vez!

Preste atenção às regras da amarelinha que fazem o jogador perder a vez, como pisar fora dos quadrados ou na linha traçada com giz. Errar a casa na hora de jogar a pedrinha também tira a vez, assim como pisar na casa em que a pedrinha está.

Caso o trajeto seja concluído, mas a pedrinha não tenha sido apanhada, a jogada também é invalidada. Isso significa que o jogador deve repetir a mesma movimentação na próxima rodada.

Como é o percurso da amarelinha?

O próximo passo para saber como brincar de amarelinha é conhecer o próprio percurso. O primeiro participante deve jogar a pedrinha na casa 1 e pular sobre os números, menos no 1. Ao fazer o percurso até o céu e voltar, o participante deve pular com um pé só nos quadrados isolados.

Quando o jogador se deparar com dois quadrados lado a lado, deve pisar com cada pé em uma casa diferente. Ao chegar nas casas 2 e 3, o jogador deve pegar a pedrinha, sem cair, e voltar ao ponto de partida. Essa sequência de movimentos se estende pelas demais casas, avançando sem cometer erros.

desenho em chão de asfalto representando como brincar de amarelinha

Como as crianças pequenas podem brincar?

É possível ensinar como brincar de amarelinha na educação infantil de forma adaptada. Desenhe um quadrado dividido em 4 triângulos com um X. A casa 1 fica do lado de fora, enquanto o “céu” fica na outra ponta.

A casa 2 fica dentro, no triângulo em frente ao número 1. Seguindo o sentido anti-horário, vêm os números 3, 4 e 5. O percurso deve ser percorrido em um pé só, com os pequenos levando a pedrinha pelas casas. Vence quem der “a volta” primeiro.

Quais são os benefícios da amarelinha para as crianças?

Tão importante quanto saber como brincar de amarelinha é descobrir quais são os benefícios dela para as crianças, independentemente da versão utilizada. Em primeiro lugar, está o desenvolvimento da coordenação motora a partir do estímulo dos músculos do braço para jogar a pedrinha.

A noção de espaço é outro benefício, uma vez que a criança deve respeitar os limites do desenho, sem pisar nas linhas. A força para atirar a pedrinha e pular nas casas também é positiva para os pequenos.

O equilíbrio é importante para as crianças ficarem estáveis no trajeto de ida e volta, assim como na hora de pegar a pedrinha. A consciência corporal também é relevante para o desenvolvimento infantil.

Outro benefício é o incentivo à experiência off-line ao participar da brincadeira. Embora a tecnologia traga muitas vantagens para o dia a dia, o excesso de telas pode gerar prejuízos ao desenvolvimento cognitivo e à aprendizagem escolar, por exemplo.

Ative o seu #ModoBrincar hoje mesmo!

Que tal organizar um programa diferente com a criançada no próximo fim de semana? Mostre a elas que é possível se divertir longe de telas! Ensine como brincar de amarelinha e mais brincadeiras clássicas, como caça ao tesouro!

ATIVIDADES #MODOBRINCAR

Se divertir é

UAAAAAU!

Kaboom

Leia Mais

iupii

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *