Descubra como ensinar um bebê a nadar e quais são as recomendações!

6 MINUTOS DE LEITURA
1783
mãe descobrindo como ensinar um bebe a nadar dentro da piscina

A natação é uma atividade física que utiliza todas as partes do corpo, então é considerada um esporte completo que oferece inúmeros benefícios para pessoas de todas as idades. Nesse caminho, é comum se perguntar: como ensinar um bebê a nadar?! 

De acordo com estudos realizados pela Universidade Estadual Paulista (Unesp), a natação para bebês contribui para o desenvolvimento motor, cognitivo e afetivo. Além disso, o esporte favorece a musculatura dorsal e estimula outros grupos musculares, o que auxilia na recuperação de problemas respiratórios e na reabilitação física.  

Pensando nisso, para você entender mais sobre a prática do esporte e descobrir como ensinar um bebê a nadar, preparamos este artigo recheado de dicas e informações. Veja a seguir e aproveite!

Natação para bebês: principais recomendações

Durante os nove meses de gestação, os bebês aprendem a se movimentar na água, ou melhor, no líquido amniótico presente na bolsa. Isso faz muitos acreditarem que os pequenos já nascem sabendo nadar, mas não é bem assim…

Na verdade, apesar de poderem aprender e garantir benefícios com a prática, recém-nascidos não possuem coordenação motora suficiente para nadarem sozinhos. Essa habilidade é adquirida somente a partir dos três anos. Então, com quantos meses o bebê pode nadar?

Apesar de a natação ser recomendada para bebês de 0 a 2 anos, é importante que o pequeno tenha a vacinação obrigatória completa para iniciar as aulas, o que acontece por volta dos quatro meses. Diversas instituições oferecem as aulas que, além de estimularem o desenvolvimento infantil, podem contribuir para o relaxamento, o  apetite e o sono dos pequenos. 

Temperatura

Quando falamos sobre como ensinar um bebê a nadar, é importante pensar nos principais cuidados por trás da prática. Nesse caminho, a temperatura da água é um ponto importantíssimo a ser analisado. 

Afinal, em recém-nascidos, especialmente em pré-termo, é comum haver um desequilíbrio dos mecanismos de produção e eliminação do calor. Dessa forma, a capacidade de manter a temperatura corporal constante quando a temperatura ambiental varia é limitada.

Em razão disso, conforme Associação Nacional das Empresas e Profissionais de Piscinas (ANAPP), a temperatura da água para a natação de bebês deve variar de 30 a 34°C. Essa é a condição ideal para a criança aprender a nadar com segurança e se sentir confortável.

Roupas e equipamentos

Na piscina, o bebê deve utilizar fraldas e uma roupa de banho confortável, que pode ser maiô, sunga, macaquinhos, bermudas de banho, biquíni, etc. Também é necessário contar com acessórios como uma touca de natação, além de um roupão para o momento de tirá-lo da água. 

pai aprendendo como ensinar um bebê a nadar dentro da piscina

4 técnicas para ensinar bebês a nadar 

Bom, agora que você já está por dentro das principais recomendações, que tal descobrir como ensinar um bebê a nadar? A seguir, veja algumas técnicas que estimulam a prática!

1. Salto

Uma boa técnica de como ensinar um bebê a nadar é levá-lo para cima e para baixo dentro da piscina, como se estivesse saltando. Assim, o pequeno perde o medo da água com mais facilidade. Na hora de entrar, lembre-se de ter cuidado, para o pequeno não se assustar, até ele estar com metade do corpo dentro da água. 

2. Balanço

Outra maneira de estimular o nado nos bebês é segurá-los retos, movê-los para frente e para trás dentro da água. Isso faz a criança se familiarizar com a sensação de se mover na piscina e descobrir novas sensações.

3. Mergulho 

O mergulho é uma ação necessária na prática de natação. Então, como mergulhar o bebê pela primeira vez na água? Para habituar a criança a entrar por completo, é possível estimulá-la colocando-a nos seus braços, de costas, e gentilmente movendo-a para frente, até ela estar totalmente dentro da piscina.

4. Flutuação

Fazer o bebê flutuar na água também é uma boa ideia de como ensiná-los a nadar. Para isso, coloque uma mão no peito do pequeno e outra sob as pernas. Segure-o horizontalmente com a barriga tocando a água. Remova gradualmente a mão para deixá-lo flutuando.

Nesse momento, é provável que o bebê mova as mãos e os pés instintivamente, nade e fique acima da água. Mantenha sua mão perto do bebê como medida de segurança. 

Vale lembrar que a melhor forma de ensinar um bebê a nadar é buscar profissionais capacitados. Dessa forma, a prática será mais segura e adequada às necessidades do pequeno. 

Acompanhe o blog #ModoBrincar

Gostou do conteúdo e já sabe como ensinar um bebê a nadar? Então, aproveite o tempo livre para explorar o blog #ModoBrincar, acompanhe as novidades e garanta dicas imperdíveis!

Fontes consultadas:

DAIBERT, Joyce Barbosa Campos. Os benefícios da natação para bebês. 2008. 18 f. Trabalho de conclusão de curso (licenciatura – Educação física) – Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biociências de Rio Claro, 2008. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/118832. Acesso em: 5 maio 2022.

LOGOTIPO DO COMERCIANTE SEEDUC (São Paulo). Universidade Municipal de São Caetano do Sul. Bebês já nascem sabendo nadar?. Notícias, [S. l.], p. 1, 30 jul. 2015. Disponível em:  Bebês já nascem sabendo nadar?. Acesso em: 5 maio 2022.

MINISTÉRIO DA SAÚDE (Brasil). Portal de Boas Práticas em Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente. Principais questões sobre Controle térmico do recém-nascido pré-termo. Atenção ao Recém Nascido , [S. l.], p. 1, 19 dez. 2018. Disponível em: https://portaldeboaspraticas.iff.fiocruz.br/atencao-recem-nascido/principais-questoes-sobre-controle-termico-do-recem-nascido-pre-termo/. Acesso em: 5 maio 2022.

Ver mais brinquedos incríveis

Leia Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *