Desenvolvimento motor infantil: conheça as fases e como estimular!

6 MINUTOS DE LEITURA
1531
Imagem de um bebê deitado de barriga para baixo com auxílio de um adulto

Desde que nascem, as crianças passam por fases em que conhecem o mundo à volta, as pessoas do convívio e o próprio corpo. O desenvolvimento motor infantil é um processo contínuo, mas que possui grande relevância no período chamado de primeira infância.

A primeira infância — cinco primeiros anos da vida — é uma fase de exploração, em que o cérebro está mais apto a receber novos conhecimentos. É importante que os pequenos tenham todo o apoio possível, desde acompanhamento até incentivo.

Quais são as fases do desenvolvimento motor infantil? Qual é a importância dele para a vida dos pequenos? Como estimulá-lo no dia a dia? Quais brinquedos podem ajudar nesse processo? Você confere tudo isso neste conteúdo que o blog #ModoBrincar preparou! 

Conheça as fases do desenvolvimento motor infantil

Para os pais e/ou responsáveis acompanharem o crescimento e o desenvolvimento da criança de perto, especialistas subdividiram o conceito de desenvolvimento motor infantil em fases. Entre os estudos, o modelo de classificação dos pesquisadores Gallahue e Ozmun é um dos mais tradicionais, dividido da forma abaixo.

1. Motora-reflexiva

Começa com a formação do bebê, ainda de forma intrauterina, e vai até o primeiro ano de vida. No útero, a criança realiza movimentos involuntários, conhecidos como reflexos, que servem para respirar, alimentar e se proteger.

A partir dos quatro meses de idade, o bebê já processa algumas informações. Conforme o cérebro se desenvolve, passa a responder aos estímulos, realizando movimentos voluntários, como firmar a cabeça, rolar, sentar e engatinhar

2. Motora-rudimentar

Vai de um a dois anos de idade e tem como objetivo maturar a movimentação da criança. Nessa etapa, mesmo que ainda realize movimentos reflexivos, o bebê já dá uma resposta adequada aos estímulos. 

É o caso de levantar a cabeça para olhar quando ouve algum barulho, engatinhar e segurar objetos, ou seja, movimentos que promovem a estabilização e servem como base para o desenvolvimento das habilidades motoras grossas (saltar, correr, sentar, subir escadas etc). 

3. Motora-fundamental

Indo dos três aos sete anos de idade, essa fase compreende o surgimento de diversos movimentos fundamentais para a criança adquirir capacidades mais específicas — relacionadas às habilidades motoras finas (desenhar, pintar, escrever, etc). 

É considerada uma etapa de treinamento, na qual os pequenos testam o que o corpo pode fazer. Em geral, estão no processo ou já realizam movimentos usando grandes grupos musculares, como correr, chutar, arremessar, receber, saltar, entre outros.

4. Motora-especializada 

É a última fase, indo dos sete aos quatorze anos de idade. Nela, os pequenos usam tudo o que aprenderam nas outras três e entendem como utilizar essas habilidades em cada situação do dia a dia, aperfeiçoando-as.

Basicamente, é uma etapa que envolve a interação entre um ou mais movimentos fundamentais, resultando em movimentos complexos: correr, saltar e arremessar de uma só vez. 

Ao compreender as fases do desenvolvimento motor infantil, é mais fácil se orientar e reconhecer as necessidades da criança. No entanto, é importante considerar que cada indivíduo possui o próprio ritmo e é fundamental ter paciência para acompanhá-lo.

Imagem de um adulto ajudando uma criança a andar

Qual é a importância do desenvolvimento motor infantil?

Pensando em como essa fase influencia o resto da vida da criançada, é possível perceber quão importante ela é. Primeiro, o desenvolvimento motor infantil tem impacto direto no aprendizado. Isso porque, nesse período, os pequenos são estimulados a aprender mais sobre o corpo, os movimentos e a utilização deles.

Considere essa situação: a criança aprende um movimento no início da vida e armazena essa informação. Futuramente, ela pode contar com o desenvolvimento cognitivo para entender melhor onde utilizar esse aprendizado no dia a dia. Se ela aprende a equilibrar brinquedos, por exemplo, tem boas noções de equilíbrio no futuro. 

Outro ponto importante é que o desenvolvimento motor infantil é um grande demonstrativo de possíveis doenças motoras ou déficits de aprendizado. É importante sempre contar com acompanhamento médico e ficar atento aos sinais que os pequenos podem demonstrar, por menores que sejam.

Como estimular o desenvolvimento motor infantil no dia a dia?

Apesar de parecer um desafio, estimular o desenvolvimento motor infantil é mais fácil do que você imagina. O mais importante é respeitar os limites dos pequenos e não tentar adiantar nenhuma fase. Os brinquedos e as brincadeiras são ótimos aliados para esse estímulo.

No início da vida, é legal que a criançada tenha um bom espaço para desenvolver movimentos e trabalhar a força muscular, como engatinhar, ficar em pé e andar. Para ajudar a engatinhar, por exemplo, você pode colocar o bebê de bruços em um tapete de atividades que tenha elementos para distrair e estimulá-lo a se movimentar.

Os andadores também podem ajudar com a locomoção, assim como os jogos e as brincadeiras podem favorecer habilidades mais específicas. Por fim, em todas as fases do aprendizado, é bacana comemorar as conquistas da criança e ajudá-la caso sinta que ela precisa do seu apoio.

Brinquedos que ajudam no desenvolvimento motor infantil

Não existe maneira mais fácil de aprender do que se divertindo! Isso não é diferente com o desenvolvimento motor infantil! Os tapetes de atividade, por exemplo, são ótimos para incentivar os primeiros movimentos.

Para o desenvolvimento da coordenação motora fina, que utiliza os pequenos músculos, os blocos de montar podem ser excelentes alternativas. Nesse caso, é importante ficar atento ao tamanho das peças indicadas para cada faixa etária. 

Livros para colorir, massinhas e slimes são opções interessantes para o desenvolvimento motor infantil, já que além de superdivertidos, favorecem os movimentos finos e estimulam a criatividade. Já para trabalhar movimentos corporais mais grossos, conte com artigos esportivos, como bolas, bambolês, bicicletas, entre outros.

#ModoBrincar: as melhores dicas para sua família! 

Gostou do conteúdo e não vê a hora de usar essas informações para estimular o desenvolvimento motor infantil? Na Ri Happy, você encontra diversos brinquedos que podem ajudar em cada fase. Confira! 

Se quiser mais algumas dicas para sua família, não deixe de acompanhar as novidades no blog #ModoBrincar. Entre os textos exclusivos, você navega por desenvolvimento, maternidade, brincadeiras, brinquedos e muito mais. Aproveite!

Fontes consultadas:

EFDEPORTES. Desenvolvimento motor: padrões motores fundamentais de movimento em crianças de 4 e 5 anos de idade. Disponível em: https://efdeportes.com/efd186/padroes-motores-fundamentais-de-movimento.htm. Acesso em: 23 jun. 2022

HOSPITAL INFANTIL SABARÁ. Como estimular o desenvolvimento motor da criança. Disponível em: https://www.hospitalinfantilsabara.org.br/como-estimular-o-desenvolvimento-motor-da-crianca/. Acesso em: 23 jun. 2022

PORTAL FIOCRUZ. A importância do desenvolvimento motor na primeira infância. Disponível em: https://portal.fiocruz.br/noticia/importancia-do-desenvolvimento-motor-na-primeira-infancia. Acesso em: 23 jun. 2022

Ver mais brinquedos incríveis

ATIVIDADES #MODOBRINCAR

Se divertir é

UAAAAAU!

Kaboom

Leia Mais

iupii

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *