Dinossauros de Jurassic World: 8 figuras que roubaram a cena!

5 MINUTOS DE LEITURA
1010
entrada de parque representando o tema sobre dinossauros de Jurassic World

Criaturas gigantescas, com habilidades únicas e força absurda: esses são os dinossauros de Jurassic World, que brilham nas telinhas há mais de 20 anos. Protagonizando cenas memoráveis, as figuras fazem parte da maior franquia de filmes de dinossauros do planeta e encantam jovens de todas as idades. 

Jurassic Park – Parque dos Dinossauros (1993) foi o primeiro filme desse fabuloso universo cinematográfico, apresentando as principais espécies do animal. O sucesso foi tanto que resultou em mais 6 produções: uma trilogia (sequência do primeiro filme) e quatro longas da franquia. 

Para você saber mais sobre essas incríveis criaturas e escolher as suas espécies favoritas, preparamos este artigo com os oito dinossauros mais marcantes da franquia. Achou interessante? Então, vem com a gente e confira! 

8. Anquilossauro 

O anquilossauro é uma espécie quadrúpede de dinossauro, caracterizada pela presença de placas de armadura óssea extremamente grossa por todo o corpo. Na vida real, acredita-se que o animal era herbívoro e viveu durante o período Cretáceo, no território correspondente à América do Norte.

A espécie também contava com uma cauda em formato de porrete, que servia como um instrumento de defesa. Nas telinhas, o anquilossauro é apresentado em Jurassic Park 3 (2001) e Jurassic World: Reino Ameaçado (2018).

7. Estegossauro

Considerado um dos dinossauros de Jurassic World mais populares entre as espécies, o estegossauro é reconhecido pela presença de grandes placas ósseas ao longo das costas e da cauda. Acredita-se que o animal era herbívoro e viveu na terra há mais de 140 milhões de anos, no oeste dos Estados Unidos e em Portugal. 

Também quadrúpedes, essas criaturas tinham o corpo arredondado e uma cauda pontiaguda. Na franquia de filmes de dinossauros, a espécie aparece em O Mundo Perdido: Jurassic Park (1997), Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros (2015) e Jurassic World: Reino Ameaçado (2018).

6. Velociraptor

Os velociraptors são verdadeiras estrelas na franquia de filmes. A espécie andou sobre a terra nos últimos anos do período Cretáceo, sendo reconhecida como um tipo de carnívoro bípede, emplumado com uma longa cauda e uma garra em forma de foice em cada pata traseira. 

Nas telas, o velociraptor não tem penas e é bem maior que na realidade, sendo retratado como um ser inteligente e astuto, capaz de criar armadilhas e se comunicar com outros membros da matilha. Não é à toa que ele tem um papel importantíssimo em todos os filmes da franquia. 

imagem de um brinquedo do velociraptor um dos dinossauros de Jurassic World

5. Pteranodonte

O pteranodonte é um dos dinossauros de Jurassic World mais amados pelos fãs. Ele é um dos maiores répteis pré-históricos voadores que já existiu. Caracterizado pela presença de uma grande crista na cabeça, o animal era piscívoro e viveu no fim do período Cretáceo, nas zonas oceânicas.

Um verdadeiro gigante nos céus, o pteranodonte podia ser encontrado com até 7,5 m de envergadura. Você pode vê-lo nas telas em O Mundo Perdido: Jurassic Park (1997), Jurassic Park 3 (2001) e Jurassic World: Domínio (2022). 

4. Mosassauro

O mosassauro foi uma verdadeira novidade entre os dinossauros de Jurassic World. Isso porque se trata da primeira espécie aquática a aparecer nas telinhas, sendo considerado o maior predador dos oceanos do final do período Cretáceo, segundo a literatura científica.

O animal é reconhecido como um tipo de lagarto carnívoro, tendo um corpo fusiforme com dois pares de nadadeiras laterais. A espécie aparece em Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros (2015), Jurassic World: Reino Ameaçado (2018) e Jurassic World: Domínio (2022). 

3. T-Rex

Para quem é fã de Jurassic Park, o famoso tiranossauro rex, também conhecido como t-rex, é uma figura emblemática — inclusive, entendida como o rei dos dinossauros. O animal carnívoro era bípede e viveu na América do Norte durante o final do período Cretáceo.

A espécie era caracterizada por um crânio cilíndrico, uma grossa cauda, pernas longas, além de braços curtos e finos. Sendo um dos maiores antagonistas da franquia, o animal aparece em todos os filmes, capaz observar apenas o movimento das presas, devido à mistura do DNA com o de rã. 

2. Indoraptor 

Diferente das espécies citadas acima, o indoraptor é um dinossauro que não existiu fora das telinhas, sendo uma criação do personagem Dr. Henry Wu. O animal é apresentado como uma criatura do futuro, feita com pedaços do passado. É majoritariamente preto, com faixas amarelas e azuis, garantindo uma aparência aterrorizante.

O dinossauro híbrido conta com garras semelhantes às de um velociraptor e possui mãos com quatro dedos. A cabeça lembra a de um t-rex. Apesar de aparecer nas telas com a postura quadrúpede, ocasionalmente pode ficar em pé. O indoraptor é o principal antagonista do filme Jurassic World: Reino Ameaçado (2018).

1. Indominus Rex 

Reconhecido como o maior animal terrestre da franquia de filmes, o Indominus Rex também é um dinossauro híbrido que não existiu fora das telas. Ele foi criado pelo Dr. Henry Wu por meio da mistura do genoma de um t-rex ao DNA de outros terópodes, como velociraptor, carnotauro, giganotossauro, Scorpios Rex e majungassauro.

O gigante era extremamente forte e resistente, com uma aparência bem distinta dos outros dinossauros. A pele contava com osteodermas pontiagudos e membros anteriores bem desenvolvidos, com polegares opositores e garras em forma de foice em cada dos dedos. Os braços eram longos, o que também o tornava um semiquadrúpede. A fera foi a principal antagonista do filme Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros (2015).

#ModoBrincar: aventure-se no mundo dos Dinossauros! 

E aí, gostou de conhecer os dinossauros de Jurassic World mais famosos do cinema? Então, que tal se aventurar nesse fantástico mundo e garantir seus próprios animais pré-históricos? Na Ri Happy, você encontra uma linha completa de brinquedos da franquia, como o Tiranossauro Rex. Aproveite!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais