Qual a importância da doação de brinquedos?

4 minutos para ler

Doar é um ato de amor ao próximo e, por esse motivo, é importante estimular essa prática altruísta desde a infância. Além de evitar o acúmulo, a doação de brinquedos contribui para desenvolver o lado emocional das crianças — além, é claro, de fazer a alegria da garotada que vai recebê-los.

Porém, abrir mão daquele brinquedo que já ficou esquecido não é uma tarefa fácil para algumas crianças. Para ajudar nessa missão, preparamos este artigo especial. Vamos conosco nesta leitura?

Qual a importância da doação de brinquedos?

Estimular a doação dos brinquedos que a criança não usa mais é uma ótima maneira de ensinar importantes lições para a vida toda. Vamos conferir, a seguir, alguns dos principais benefícios para quem doa e para quem recebe.

Para quem recebe

Quando o assunto é brinquedo, muitas crianças têm tantos que nem conseguem brincar com todos eles, enquanto outras não têm condições de ter nenhum. Receber a doação de um brinquedo que já estava esquecido no fundo do armário faz toda a diferença para ela, que vai se divertir e aproveitar a importância do brincar para o seu desenvolvimento.

Na hora de separar os itens para doar, explique ao pequeno que as crianças que não têm nada para brincar ficam tristes e que, quando outra criança que tem mais brinquedos compartilha, isso as deixa muito felizes e agradecidas.

Para quem doa

Incentivar a solidariedade por meio do ato de doar vai fazer a criança se colocar no lugar do outro, o que é muito bom para o desenvolvimento infantil. Aprender a dividir é fundamental para a construção de valores fundamentais para a vida em sociedade, como amizade, empatia, solidariedade e respeito pelos menos favorecidos.

Além disso, fazer algo de bom para o próximo contribui para elevar a autoestima da criança, que se sente importante ao ajudar quem precisa. Isso sem falar que ela se torna menos consumista e mais desapegada aos bem materiais.

Como incluir as crianças no ato de doar?

Depois de convencer a criança sobre a importância de doar brinquedos para aquelas que não têm, o próximo passo é incluí-la no processo. Para isso ser feito com tranquilidade e trabalhar as emoções da melhor forma, nada de doar sem o consentimento do pequeno, ok? Você pode até ajudar dando sugestões, mas deixe que ele escolha quais devem ser doados.

É importante respeitar a opinião e dar autonomia para a garotada, deixando a decisão final com ela. Converse e explique que a idade de se divertir com determinados brinquedos já passou e que outras crianças vão ficar contentes ao recebê-los e brincar com eles.

E que tal deixar o momento de separar os brinquedos mais divertido? Para isso, prepare uma playlist com músicas que deixam o processo mais divertido, por exemplo. Outra opção é pedir para ela conferir se o brinquedo está em boas condições ou se não está faltando nenhuma peça.

Mais uma maneira de incluir a criança no ato de doar é incentivá-la a entregar pessoalmente os brinquedos. Porém, caso a doação for para um orfanato ou outras instituições, o ideal é esperar que ela seja maior de 11 anos.

Neste artigo, você conheceu a importância da doação de brinquedos e como incluir a criançada na tarefa. Que tal tornar esse ato de amor num hábito? Para isso, estabeleça datas específicas (após aniversário, Natal ou Dia das Crianças), estimulando os pequenos a se desfazer de alguns brinquedos para dar espaço aos novos.

Gostaria de receber textos relevantes como este diretamente no seu e-mail? Assine agora mesmo a nossa newsletter para não perder nada!

Posts relacionados

Deixe um comentário