Ensinando a escovar os dentes: 7 dicas para ajudar as crianças

7 MINUTOS DE LEITURA
773
Ensinando a escovar os dentes|
Mãe ensina a filha a escovar os dentes

“Estou ensinando a escovar os dentes e tentando incentivar as crianças a desenvolverem esse hábito de cuidado com a própria saúde bucal. Porém, estou em dúvida sobre o que fazer para ser bem sucedido nesse objetivo.” — se identificou com esse comentário?

Pois é, não são poucos os adultos que compartilham da mesma dificuldade com essa tarefa, viu? Muitas vezes, eles ficam sem ideias de quais soluções adotar para tornar esse momento diário algo mais prático, leve e até mesmo divertido para a garotada.

Afinal, a correta higienização é importante não só para evitar problemas (como cáries e mau hálito), mas também para garantir que a troca dos dentes de leite das crianças ocorra sem dificuldades. Pensando nisso, listamos 7 dicas que vão facilitar e estimular a escovação na infância. Preparado? Então vamos lá!

1. Dê o exemplo

Nada melhor para promover o costume das crianças de escovar os dentes do que ter um exemplo dentro de casa no qual elas possam se espelhar. Basta lembrar que na infância é bastante comum a imitação do comportamento dos pais, tios, avós e afins, pois é a forma que os pequenos têm de entenderem e se situarem no mundo em volta deles.

Portanto, vale a pena assumir esse papel. O melhor é que, para desempenhá-lo, não é preciso fazer nada mirabolante, que tome muito o seu tempo ou exija um esforço desproporcional.

Ao contrário, é só mostrar para os mais novos no dia a dia que esse é um hábito do qual você não abre mão e que valoriza muito, realizando-o de duas a três vezes por dia. Quanto mais a turminha o vê escovando os seus dentes, melhor será, pois isso normaliza essa atividade e instiga a curiosidade da garotada em seguir os seus passos.

2. Envolva o pequeno em uma história

Quando estiver ensinando a escovar os dentes, faça uso de histórias infantis que mostrem de forma simples e acessível por que a escovação faz bem para a saúde bucal e ainda promove um sorriso mais bonito.

Esse tipo de ação envolve as crianças na atividade e passa uma mensagem inspiradora para elas. Você pode procurar por livros, gibis ou revistas que narrem isso — e até ajudem no processo de como ensinar o pequeno a ler — ou então criar um conto do zero. Fica ao seu critério!

3. Deixe a criança segurar a escova

Na hora de auxiliar as crianças a escovarem os dentes, não segure a escova nem muito menos realize a atividade por sua conta, ok? O ideal é fazer justamente o oposto: estimular a independência e a capacidade dos pequenos de assumirem essa tarefa.

O que você pode fazer é acompanhar os primeiros dias de escovação. Assim, é possível orientar e tirar dúvidas sobre como devem ser os movimentos (e a força aplicada neles) com a escova, os locais em que ela deve passar, e como limpá-la e guardá-la após o uso.

Além disso, dá para explicar também como deve ser a higienização da língua, qual quantidade de pasta usar e como fazer o gargarejo com o enxaguante bucal.

Lembrando que é normal que os mais novos se confundam ou se equivoquem no início — e tá tudo bem! É com o erro que se aprendem novas informações. Por esse motivo, a calma e a paciência devem sempre prevalecer.

4. Mostre que está atento à escovação

Uma quarta dica é mostrar que você está interessado em saber o quanto a garotada já conhece e entende sobre os cuidados bucais e como está o avanço das crianças quanto ao passo a passo da escovação.

A cada nova descoberta ou fortalecimento da coordenação motora no uso da escova e dos demais produtos de higiene, vale a pena celebrar e mostrar o orgulho que você sente por elas. Nada mais motivador nessa fase da vida do que o reconhecimento da família.

5. Transforme esse momento em algo agradável

Quando a escovação é um momento agradável, os pequenos criam menos barreiras para se adaptar e adquirir esse novo hábito. Por isso, é fundamental pensar em alternativas para deixar o clima mais leve e convidativo.

Dá para botar músicas de fundo, fazer alguns passos de dança enquanto se preparam para escovar os dentes, colocar adesivos de parede no banheiro com imagens de super-heróis ou mesmo lançar desafios para ver quem consegue deixar o sorriso mais branco (e, é claro, os mais novos ganham!).

6. Use objetos coloridos e divertidos

Investir em objetos coloridos, divertidos e/ou até mesmo que façam referência a desenhos, filmes e animações é uma ótima forma de atrair o interesse das crianças para a escovação e fazer com que elas se engajem nesse hábito e se sintam motivadas a repeti-lo.

A razão disso é bem simples: eles se apoiam no universo lúdico e criam uma forte relação com a imaginação e a criatividade infantis. Dessa forma, a molecada encara o momento da higiene bucal não como uma “obrigação chata e repetitiva”, mas sim como algo que entretém, faz bem à saúde e é positivo.

E sabe o que é mais interessante? Não faltam opções de escovas, pastas de dentes, enxaguantes bucais e fios dentais que atendam a esses requisitos.

7. Leve ao dentista regularmente

Por fim, não se esqueça de levar as crianças ao dentista regularmente. O recomendado é que elas se consultem, pelo menos, duas vezes por ano. Se possível, tente manter essas visitas sempre ao mesmo profissional. Assim, ele pode acompanhá-las durante toda a infância e a turminha fica mais familiarizada e receptiva com o dentista.

Essas visitas são importantes porque a infância é marcada pelo nascimento e pela troca de dentes, além do aparecimento de problemas bucais relacionados à desnutrição, ao consumo excessivo de açúcar (doces, bolos, refrigerantes etc.) e à má escovação.

Portanto, fora a avaliação bucal e os procedimentos feitos no consultório, o dentista pode conversar com você e orientá-lo mais detalhadamente sobre dicas para quando você estiver ensinando a escovar os dentes. É o caso, por exemplo, dos cuidados extras que as crianças precisam e das recomendações sobre como cozinhar com a criança e manter uma boa alimentação nos primeiros anos de vida.

Como mostrado, quando você está ensinando a escovar os dentes, é necessário ser didático com a turminha, não fazer cobranças excessivas e investir no lúdico e na imaginação infantil. Assim, além de despertar (e captar) o interesse dos pequenos, fica mais fácil explicar a importância desse hábito e estimular as crianças a adotá-lo no dia a dia.

Ficou inspirado com as nossas sugestões? Então aproveite para ficar por dentro de quais são as fases da infância e, de quebra, saber como conhecê-las pode ajudar a impulsionar o desenvolvimento dos pequenos!

iupii

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Mais

brincadeiras legais|brincadeiras legais
29969

10 brincadeiras legais para fazer em casa

Quer algumas dicas de brincadeiras legais para fazer em família? Leia o nosso post agora mesmo e confira 10 sugestões divertidas!
Imagem de duas mulheres e uma criança jogando videogames
0

Confira uma lista com 8 dos melhores jogos para PS4

Quem é apaixonado pelo mundo dos games certamente conhece o PlayStation. Esse console é um dos mais famosos para quem ama jogar, por isso está...
Imagem de duas crianças jogando xadrez
1326

Jogo de xadrez para crianças: conheça os benefícios e como incentivar os pequenos a jogar 

Depois da estreia de O Gambito da Rainha, na Netflix, muita gente voltou a se interessar pelo xadrez e viu quão divertido e emocionante é...
três crianças sentadas no chão da sala segurando controle jogando os melhor jogos do xbox one
0

Confira uma lista com os 6 melhores jogos do Xbox One

O mundo dos games é uma verdadeira paixão para todas as idades. Os gráficos incríveis e as histórias fantásticas tornam essa atividade muito divertida para...
lenda do saci|lenda do saci
3165

Conheça a lenda do Saci e o que as crianças podem aprender com ela

A lenda do Saci traz muitos ensinamentos. Por isso é interessante valorizá-la e contá-las às crianças. Em nosso post, falamos sobre o assunto. Confira!
pai e filho jogando bola em quadra representando os jogos para pai e filho
0

Jogos para pai e filho: 8 brincadeiras para se divertir!

Quer estreitar os laços com seu pequeno e não sabe como começar? Que tal programar um dia inteirinho com jogos para pai e filho? Assim,...