Guia completo do enxoval de bebê

12 MINUTOS DE LEITURA
2067
Enxoval de bebê
Enxoval do bebê com toalhas e sapatinhos

Quantas peças de roupa o bebê usará? Devo comprar macacão? E gorro? Afinal, o que é indispensável e o que pode ser deixado de lado no enxoval do bebê? É possível que perguntas parecidas com essas passem pela sua cabeça — e se for o primeiro bebê da família, as dúvidas são ainda maiores!

Essa fase é cheia de novidades e incertezas, não é mesmo? E tomar decisões importantes chega a assustar. Mas tenha calma, pois vamos ajudar nessa tarefa! Preparamos este guia completo que dará uma orientação sobre peças do enxoval. Vamos com a gente?

Por que montar o enxoval do bebê?

Comprar o enxoval é um momento delicioso. Arrumar todas as coisinhas do bebê faz a família se preparar para a sua chegada, o que ajuda também a criar um vínculo. Ele será importante no relacionamento de vocês e dará mais leveza para a rotina de cuidados.

Fazer o enxoval não deixa de ser um planejamento. É preciso evitar a falta de coisas necessárias, além de buscar formas de economizar e de escolher algo que realmente agrade. Isso sem falar na praticidade, né?! Imagina perceber, em cima da hora, que o bebê não tem sabonete e precisar sair correndo para comprar. É sempre melhor evitar situações como essa.

Quais são os passos para montar um bom enxoval?

Afinal, o que considerar ao escolher as peças do enxoval? Colocar os gostos pessoais nessa hora faz todo o sentido. No entanto, deixar o lado emocional dominar pode trazer arrependimentos mais tarde. Considere suas preferências, mas também dê atenção aos seguintes pontos.

Tenha uma lista completa

Objetividade é importante. Assim como a lista de supermercado ajuda a lembrar o necessário, a lista do enxoval tem esse papel. Com ela, você foca o indispensável, evita os supérfluos e vai monitorando o que ainda falta. Uma lista completa diminui as chances de sair comprando tudo o que vê pela frente só pelo fato de achar o produto bonitinho.

Converse com outras mães

Experiências servem para ensinar. Com elas, fazemos melhores planejamentos e evitamos determinados erros. Por isso, nada melhor que escutar a opinião de quem já vivenciou uma situação. Ver a realidade do outro faz ter mais ideias e confiança na hora de comprar os itens. Que tal perguntar a pessoas experientes o que foi mais útil no enxoval e o que pode ser dispensado?

Compre tudo em um só lugar

Fazer pesquisa de preços pode dar certa preguiça, mas saiba que isso traz resultados positivos. Nem sempre é vantajoso comprar cada coisinha em um lugar, pois você encontra promoções e bons descontos ao adquirir todo o enxoval na mesma loja.

Considere a praticidade

Quando compramos uma peça de roupa para nós, pensamos na funcionalidade, certo? Avaliamos o momento em que vamos usá-la e a combinação dela com o que já temos no armário. Bem, a regra também vale para a criança. Os primeiros meses serão cansativos e tudo o que você desejará é facilidades.

Por isso, comece analisando o tecido. Ele exige passar ou dá para sair do varal e ir diretamente para o guarda-roupa? E como será a lavagem? Na máquina? Agora, o mais importante: a peça é fácil de vestir e de tirar ou exige malabarismos nessa hora?

O que não pode faltar na lista de compras?

Separamos alguns itens e sugestões relacionadas à quantidade de peças. São dicas gerais, então tenha em mente que você não precisa seguir ao pé da letra e pode adaptar à sua realidade, combinado? Vamos lá!

Roupas

Aqui, já chamamos a atenção para o tamanho das peças. Uma dica importante: acompanhe o crescimento do bebê na gestação e a previsão do seu tamanho no nascimento, pois, se for grandinho e cheinho, pode não valer a pena adquirir peças RN.

Tamanhos

Para a maioria das marcas, os tamanhos são os seguintes:

  • RN veste até 54 cm e 5 kg e costumam ser usadas apenas nas 4 primeiras semanas;
  • P veste até 60 cm, 6 kg e costuma servir até os 3 meses;
  • M veste até 66 cm, 8 kg e serve dos 3 aos 6 meses;
  • G veste até 72 cm, 9 kg e serve dos 6 aos 9 meses;
  • GG veste até 78 cm, 10 kg e serve dos 9 aos 12 meses.

Peças

Agora, nossas sugestões de peças! O ideal é adquiri-las em tamanhos variados, combinado?

  • 10 bodies de manga curta: é versátil e prático para vestir, por isso costuma ser a peça preferida;
  • 10 bodies de manga comprida: bom para dormir e para os dias frios;
  • 8 calças: são também chamadas de culotes e podem ser usadas junto com bodies. Há modelos com os pés cobertos ou abertos;
  • 5 macacões de manga curta: apesar de não terem a mesma praticidade dos bodies, não são difíceis de vestir e ajudam a mudar um pouco o look;
  • 5 macacões de manga comprida: ótimos para as temperaturas frias;
  • 5 camisetas: indicadas a partir do 3º mês, pois exigem um pouco de prática ao vestir;
  • 2 casacos: um mais leve e outro mais quente;
  • 8 pares de meias: para deixar os pés aquecidos;
  • 3 calçados: prefira os mais flexíveis, que não machucam. Nos primeiros meses, eles serão usados apenas nos passeios. No dia a dia, não são necessários.

Higiene e saúde

Tão importantes quanto as roupas, esses itens contribuem para a higiene e a saúde do dia a dia:

  • fraldas: cada bebê tem suas particularidades, mas, em média, usa 7 fraldas por dia nos 2 primeiros meses. Depois, dos 2 aos 4 meses, 5 fraldas. A partir disso, a quantidade diminui para 4 ou 3. Assim como as roupas, é importante avaliar o tamanho;
  • 12 panos para boca: servirão para limpar pequenas sujeiras e colocar o bebê para arrotar depois de mamar;
  • 6 babadores: costumam ser usados quando o bebê começa a experimentar suquinhos e papinhas, geralmente a partir dos 4 meses. Por isso, podem ser dispensados no começo;
  • 1 termômetro: item essencial! Você não vai querer o estresse de correr para uma farmácia quando o bebê ficar doente, né? Avalie modelos, valores e tecnologias;
  • 1 termômetro para água: não é imprescindível, mas dá mais segurança para preparar o banho na temperatura adequada;
  • banheira: para o bem da sua coluna, prefira uma com apoio. Se tiver suporte para shampoo e sabonete, melhor ainda;
  • algodão: você usará a cada troca de fraldas;
  • shampoo e sabonete: prefira as linhas para bebês, pois geralmente são hipoalergênicas;
  • cotonete: ele será usado na higiene do umbigo e do nariz;
  • álcool 70%: você usará na higienização do umbigo até o coto cair e cicatrizar, o que costuma demorar um mês;
  • escova de cabelo: com cerdas macias apenas para ajeitar os fios;
  • cortador de unhas: tem que ser infantil e de uso individual do bebê;
  • 3 toalhas: procure as macias e prefira as de capuz, pois protegem do frio e facilitam nos cuidados pós-banho;
  • 2 pomadas antiassaduras: as de textura mais emoliente são mais indicadas pelos pediatras;
  • álcool em gel: mesmo antes da pandemia, ele já era indicado para as visitas. Nos primeiros meses, o bebê ainda tem baixa imunidade, por isso é importante pedir que todos usem.

Quarto

O espaço de dormir precisa ser aconchegante e ter os principais acessórios:

  • berço: há modelos que viram uma cama depois, o que é interessante pelo fato de durar anos;
  • colchão: o de densidade 18 serve de RN até 35kg;
  • travesseiro: é indicado um macio e baixo;
  • 3 roupas de cama: será trocada uma vez por semana — ou antes disso, se sujar;
  • edredom: é melhor que o cobertor de lã, pois evita alergias;
  • abajur: ótimo para deixar uma penumbra no quarto ou usar de madrugada, quando o bebê acordar;
  • cômoda/ trocador: pode ser um guarda-roupa também, mas a cômoda serve de trocador, além de ser ótima para espaços pequenos;
  • móbile: ele dá um charme ao berço e ainda tem vários benefícios: estimula o bebê com sons, movimentos e cores, ajudando no desenvolvimento cognitivo;
  • poltrona de amamentação e almofada: dão mais conforto para esse momento;
  • babá eletrônica: ajuda os pais a acompanharem o sono do bebê;
  • cesto para roupa suja: a recomendação é, no primeiro ano, lavar as roupas da criança separadamente. Por isso, o cesto é útil.

Passeio

Na ida ao pediatra ou na visita aos avós e tios, esses itens são úteis:

  • manta: protege do frio e é muito usada nos primeiros meses;
  • bebê-conforto: imprescindível para as saídas de carro;
  • carrinho: ajuda a diminuir o cansaço de segurar a criança no colo;
  • bolsa para passeio: é nela que você colocará as roupas, fraldas, mamadeira e o que mais for necessário;
  • mamadeira: se o bebê ficar longe da mãe ou não mamar no peito, é um item indispensável.

Para a mamãe

O enxoval também inclui itens para a mamãe:

  • bomba para tirar leite: se preferir, ela pode ser adquirida depois. Será usada se você precisar sair de casa sem o bebê ou no caso de ter muito leite;
  • absorventes pós-parto: tanto na recuperação da cesárea quanto após o parto normal, eles são usados;
  • protetor para seios: são absorventes e impedem que o leite vaze e suje a roupa. Normalmente, são usados apenas fora de casa;
  • sutiã de amamentação: ele dá sustentação e facilita na hora de amamentar;
  • álbum de fotos: apesar das fotos digitais, muitas famílias gostam de fazer um álbum físico de recordação;
  • livro de memória do bebê: ele vem com espaço para escrever os acontecimentos marcantes, como as primeiras experiências do bebê.

Por que comprar o enxoval do bebê pela internet?

Com a praticidade da internet, as compras on-line estão ganhando o coração dos consumidores. Separamos dois bons motivos para você adquirir o enxoval dessa forma!

Escolher com calma

A espera da chegada do bebê já é uma fase que causa ansiedade. Então, nada melhor que decidir tudo com calma, não é? Ao comprar pela internet, você compara produtos e avalia benefícios. Imagina só visitar várias lojas enquanto continua sentada no conforto a sua cadeira! Isso evita inclusive os típicos cansaço e inchaço das pernas.

Se você quiser fazer uma pausa para um lanchinho, a cozinha está a poucos passos de distância — e tirar um cochilo no meio das compras também é permitido.

Economizar

Ao solicitar um orçamento a várias lojas, você avalia as propostas e escolhe a que proporciona um melhor custo-benefício. E vamos combinar: economizar é importante, já que existirão outros gastos. As opções de pagamento também são variadas e atrativas.

Quais são as melhores dicas para a preparação do enxoval?

Já demos muitas sugestões legais. Nessa sessão, você encontra as últimas para montar o melhor enxoval dos últimos tempos. Confira!

Não exagere na quantidade de roupas

Tenha foco! Você precisará gastar com outras coisas ao longo dos meses, como fraldas, brinquedos e remédios. Na dúvida se determinada peça será adequada à sua realidade, prefira pegá-la em pouca quantidade e fazer o teste. Com relação às roupas, dê preferência aos tamanhos P e M. O RN será usado pouco. Já o G e o GG podem ser comprados mais para frente.

Varie as cores

Elas ajudam a deixar cada look diferente, dão um ar de alegria e transmitem diversão. Não há necessidade de criar um arco-íris no armário, mas lembre-se de que você está comprando roupas infantis. Evite algo muito monocromático, como só rosa ou só azul.

Considere a estação do ano e o local no nascimento

Isso interfere no tipo da roupa e na quantidade das peças. Por exemplo, no frio, o bebê usará mais manga comprida e calças. Já o calor exigirá tecidos mais leves. É por esse motivo que não existe um enxoval idêntico a todos os bebês e que as peças indicadas são apenas sugestões. A decisão final é sua!

Prefira comprar em lojas conhecidas 

Elas são mais confiáveis e dão segurança. Você evita dor na cabeça caso precise entrar em contato para trocar algum item. Além disso, prefira as que existem no ambiente físico. Isso facilita a comunicação e vai ser útil se você quiser conferir algo pessoalmente antes da aquisição.

Ufa! Quantos detalhes! A jornada da maternidade é cheia de descobertas e dúvidas. A cada fase, novas experiências e novas perguntas. Alguns assuntos são tão importantes que chegam a render um livro (como este).

A gente da Ri Happy adorou todo esse bate-papo e ficou muito feliz de fazer parte desse seu momento especial. Esperamos que você tenha curtido todas as informações e que elas sejam úteis para ajudar a montar um enxoval de bebê incrível! 

Aproveite e veja também os produtos de bebês que temos em nossa loja para um enxoval lindo e completo! Até a próxima!

iupii

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Mais

Imagem de duas mulheres e uma criança jogando videogames
0

Confira uma lista com 8 dos melhores jogos para PS4

Quem é apaixonado pelo mundo dos games certamente conhece o PlayStation. Esse console é um dos mais famosos para quem ama jogar, por isso está...
Imagem de duas crianças jogando xadrez
1326

Jogo de xadrez para crianças: conheça os benefícios e como incentivar os pequenos a jogar 

Depois da estreia de O Gambito da Rainha, na Netflix, muita gente voltou a se interessar pelo xadrez e viu quão divertido e emocionante é...
três crianças sentadas no chão da sala segurando controle jogando os melhor jogos do xbox one
0

Confira uma lista com os 6 melhores jogos do Xbox One

O mundo dos games é uma verdadeira paixão para todas as idades. Os gráficos incríveis e as histórias fantásticas tornam essa atividade muito divertida para...
lenda do saci|lenda do saci
3165

Conheça a lenda do Saci e o que as crianças podem aprender com ela

A lenda do Saci traz muitos ensinamentos. Por isso é interessante valorizá-la e contá-las às crianças. Em nosso post, falamos sobre o assunto. Confira!
pai e filho jogando bola em quadra representando os jogos para pai e filho
0

Jogos para pai e filho: 8 brincadeiras para se divertir!

Quer estreitar os laços com seu pequeno e não sabe como começar? Que tal programar um dia inteirinho com jogos para pai e filho? Assim,...
Comemoração dia dos pais
533

Dia dos Pais: curiosidades e ideias para comemorar em família

O Dia dos Pais é uma data megaespecial comemorada em todo o mundo. Seu objetivo é homenagear a figura paterna, destacando o papel importantíssimo dessas...