Enxoval do bebê: veja como montar para o seu pequeno

9 MINUTOS DE LEITURA
1829
Enxoval do bebê
Grávida escolhe em loja o enxoval do bebê

Montar o enxoval do seu bebê é algo trabalhoso, mas que também é bem prazeroso, pois coloca você, cada vez mais, em sintonia com a chegada do seu filho. Além do enxoval básico (roupas e itens de cama e de banho), você vai precisar de uma série de utensílios que tornarão mais fácil cuidar do seu filho no dia a dia.

Então, vale a pena ir pesquisando aos poucos durante a gravidez, para se familiarizar com tudo e começar a providenciar o que for mais importante. É necessário fazer um planejamento financeiro, pois você terá gastos consideráveis. Mas não se desespere, porque você não precisa adquirir tudo de uma vez só.

O ideal é que você antecipe pelo menos o que for precisar para os três primeiros meses, pois quando seu bebê nascer, você vai voltar toda sua atenção para cuidar dele. Adiantar o enxoval, certamente, vai deixar você mais tranquila. Confira nossas sugestões!

Dicas valiosas para começar

A primeira coisa é saber o local e a época do ano em que o seu bebê vai nascer e viver os primeiros meses dele, pois isso vai definir boa parte das roupas que ele vai usar. Priorize roupas mais leves e abertas para o calor e mais quentes e fechadas para o frio.

De toda forma, lembre-se de ter outras opções, pois mesmo se você vive em uma região que faz calor na maior parte do ano, sempre vai ter uma frente fria que vem do nada, aquele vento gelado de fim de tarde, ou um ar-condicionado exagerado.

Outro ponto básico em relação às roupas é a rapidez do crescimento do bebê, pois apesar de nascerem bem pequenos, eles crescem depressa, principalmente nos três primeiros meses. Portanto, não dá pra investir apenas em roupas de tamanhos muito pequenos, que em breve não servirão mais.

A exceção é se o médico já alertou que é provável que o seu bebê nasça prematuro, pois nesse caso, vale a pena você ter mais peças menores, que serão aproveitadas por mais tempo pelo seu filho.

Uma boa dica é conversar com quem já tem filhos para tirar algumas dúvidas sobre o que você vai precisar comprar, em qual momento cada coisa será necessária e porquê. Tente ter esse papo com mães com a quais você se identifica, mas lembre-se: cada mãe é diferente, assim como cada bebê.

Você só vai descobrir seu jeito de fazer as coisas depois que o seu neném nascer e essas descobertas fazem parte da maternidade.

Roupinhas para o neném

Escolher as roupas do bebê é um momento gostoso e irresistível. Ainda assim, é possível investir em roupinhas confortáveis e bonitas, sem gastar uma fortuna. Fique atenta a promoções e liquidações.

Uma boa forma de começar a montar o guarda-roupas do seu filho é garantir as peças dos primeiros três meses. Conforme dito anteriormente, essas roupas serão bastante definidas pelo clima da região e o momento do ano em que ele nascer.

Para o dia a dia, é recomendável ter entre quatro e seis peças de cada tamanho (RN e PP) e tipo. Isso, pensando nas mais usadas, como boddies de manga curta, no calor, macacões, no frio, e peças básicas para qualquer temperatura, como camisetinhas, calças-culote e meias.

Para lidar com as variações de temperatura ao longo do dia e as mudanças climáticas, procure garantir mais duas a quatro peças de cada tamanho e tipo, e alguns conjuntinhos. Pesquise os tamanhos ideais para cada faixa etária e vá adquirindo as roupas aos poucos.

Uma dica boa é ficar atenta às liquidações ao final de cada estação, que são ótimas oportunidades de economizar e garantir as roupinhas do ano seguinte. Um item indispensável, independentemente da estação do ano, é aquela mantinha do dia a dia, para proteger seu bebê de um vento ou de um ar-condicionado forte.

Também tenha peças para momentos mais específicos, porém necessários, como um casaquinho com capuz e uma touquinha para o inverno, ou um chapéu de sol, para um passeio no verão. Esse tipo de coisa você pode ter apenas um de cada.

Alguns itens indispensáveis que serão seus companheiros nas mais diversas situações são as fraldas de pano e os paninhos de boca (tenha pelo menos uma meia dúzia de cada), e claro, as fraldas descartáveis, que são um capítulo à parte.

Para o berço, tenha três a quatro roupas de cama, e para o banho, três a quatro toalhas, de preferência, com capuz, que são bem gostosas para o bebê e ajudam a secar. Ah, não esqueça de lavar todo o enxoval antes de o bebê nascer, para já deixar tudo pronto!

Mala de maternidade para a mamãe

É recomendável deixar sua mala pronta ao menos um mês antes da data prevista para o parto. Assim, você não terá preocupações se o seu bebê resolver chegar um pouco antes.

Uma coisa que você não pode se esquecer ao sair são os documentos para dar entrada no hospital ou maternidade. Leve seu RG ou CNH, sua carteirinha do convênio (se tiver plano) e outros documentos ligados à maternidade, se houver. Caso tenha recebido o cartão da gestante no pré-natal, também é importante carregar.

Se quiser, leve algo que possa ajudar você a relaxar antes do parto, como um travesseiro que você ama, um objeto da sorte ou algo semelhante. Coisas que auxiliem no clima também são uma boa, como uma playlist com músicas escolhidas por você.

Se o parto for no hospital ou em casa de parto, vão ceder roupas adequadas para o momento do nascimento, mas leve roupas extras, além da que estiver usando quando for pra lá. Também é bom carregar um roupão de banho, uma camisola confortável e um par de chinelos. Não exagere, leve apenas o suficiente pra tomar um banho e se trocar com conforto após o parto.

Não se esqueça dos itens de higiene pessoal

Leve itens pessoais, como escova e pasta de dente, desodorante, itens de banho e higiene, como shampoo, sabonete, absorventes e o que mais achar necessário. Os seios costumam ficar inchados e sensíveis quando o leite começa a descer, então, é bom ter o sutiã e o absorvente de amamentação, pra já sair de lá usando.

O trabalho de parto pode durar muitas horas. Por isso, é bom levar um lanche saudável na bolsa, para comer antes, se a espera for longa, ou depois, se o parto for cesariana, com hora marcada. Nesse caso, você estará de jejum até o nascimento, e certamente a fome virá com força depois.

Evite levar qualquer tipo de jóias para o hospital. Lembre-se de levar seu celular e o carregador, para registrar e compartilhar a boa notícia com sua família e amigos.

Bolsa de maternidade para o bebê

Leve uma roupa confortável e quentinha para o seu bebê sair da maternidade. Claro que você também vai querer que seja uma roupa bonita, pois, provavelmente, ela será eternizada nas fotos. Só não exagere nas firulas, basta ser uma roupinha adequada ao momento e que agrade você.

A bolsa da maternidade (também chamada de mala ou sacola da maternidade), não é um item obrigatório, mas pode ser bastante útil, pois na verdade, é uma bolsa a ser usada por bastante tempo, e não apenas no dia do parto.

Prefira bolsas confortáveis de carregar e funcionais, com bolsos térmicos, organizadores para fraldas, acessórios de higiene e demais necessidades do bebê.

Preparação do quarto do pequeno

Montar o quarto do bebê é outro momento marcante para os futuros mamãe e papai. Tente criar um ambiente que seja, ao mesmo tempo, confortável e funcional, tanto para o bebê quanto para você. Afinal, você também ficará muito tempo lá com ele.

Comece decidindo os móveis que você precisa e quer. Pesquise as possibilidades e tire as medidas de tudo, para garantir que o quarto não fique muito apertado quando os itens chegarem. Preste atenção ao prazo de entrega das lojas e peça com antecedência, para não tumultuar seu planejamento.

Um momento bom para agilizar as coisas é por volta dos cinco ou seis meses de gravidez, pois além de já saber o sexo do bebê pra decorar o quarto, você ainda estará com bastante disposição para pesquisar, ir em lojas e participar da montagem do ambiente. A partir do sétimo mês de gravidez, é natural que sua mobilidade esteja um pouco mais limitada, então, melhor prevenir e começar antes disso.

Se for pintar ou reformar o quarto, comece por isso, depois, entre com os móveis e, por último, com a decoração. É bom você terminar a parte mais estrutural cerca de um mês antes de o bebê nascer, assim, haverá bastante tempo para o cheiro de tinta e outros produtos desaparecer completamente, e posicionar todos os móveis.

Nos últimos três meses da gestação, você pode ir terminando a decoração do quarto com calma e acertando os últimos detalhes para a chegada do seu filho.

O momento da escolha do enxoval do bebê ajuda você e o pai da criança a preparar o cenário para o pequeno. Para isso, vocês podem contar com o apoio e a ajuda de pessoas queridas e próximas. Assim, ninguém fica sobrecarregado!

Gostou das nossas dicas? Compartilhe o post em suas redes sociais e ajude as mamães de primeira viagem que você conhece!

iupii

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Mais

Imagem de duas mulheres e uma criança jogando videogames
0

Confira uma lista com 8 dos melhores jogos para PS4

Quem é apaixonado pelo mundo dos games certamente conhece o PlayStation. Esse console é um dos mais famosos para quem ama jogar, por isso está...
Imagem de duas crianças jogando xadrez
1326

Jogo de xadrez para crianças: conheça os benefícios e como incentivar os pequenos a jogar 

Depois da estreia de O Gambito da Rainha, na Netflix, muita gente voltou a se interessar pelo xadrez e viu quão divertido e emocionante é...
três crianças sentadas no chão da sala segurando controle jogando os melhor jogos do xbox one
0

Confira uma lista com os 6 melhores jogos do Xbox One

O mundo dos games é uma verdadeira paixão para todas as idades. Os gráficos incríveis e as histórias fantásticas tornam essa atividade muito divertida para...
lenda do saci|lenda do saci
3165

Conheça a lenda do Saci e o que as crianças podem aprender com ela

A lenda do Saci traz muitos ensinamentos. Por isso é interessante valorizá-la e contá-las às crianças. Em nosso post, falamos sobre o assunto. Confira!
pai e filho jogando bola em quadra representando os jogos para pai e filho
0

Jogos para pai e filho: 8 brincadeiras para se divertir!

Quer estreitar os laços com seu pequeno e não sabe como começar? Que tal programar um dia inteirinho com jogos para pai e filho? Assim,...
Comemoração dia dos pais
533

Dia dos Pais: curiosidades e ideias para comemorar em família

O Dia dos Pais é uma data megaespecial comemorada em todo o mundo. Seu objetivo é homenagear a figura paterna, destacando o papel importantíssimo dessas...