Entenda a importância dos avós para a infância

5 MINUTOS DE LEITURA
3686
Imagem de criança correndo para abraçar a avó
Neta corre para dar um abraço na vó

Eles dão amor sem medidas, tem abraços gostosos e sempre têm um pedaço de bolo para oferecer. Também contam histórias e são cúmplices da criançada para fazer travessuras. Porém, a importância dos avós na infância vai além desses momentos inesquecíveis.

Sabendo do papel fundamental dessas figuras para a família, o blog Modo Brincar preparou um conteúdo especial para explicar a importância dos avós para os netos. Por aqui, listamos seis vantagens da presença dos avós na vida das crianças, além de dicas para estimular a convivência. Confira!

Quais são as vantagens da convivência entre avós e crianças?

O convívio com os avós é algo que cria memórias afetivas. Esses momentos são extremamente importantes para o desenvolvimento dos pequenos e superbenefícos para os adultos. Por isso, confira seis vantagens da convivência dos netinhos com os avós.

1. Conexão com o passado

Não é nenhum segredo que os avós sempre têm alguma história do passado para contar. Esse modo de ver a vida e o mundo é muito positivo para a criançada, servindo como uma espécie de mentoria, passando habilidades e conhecimentos. Se você gosta de Star Wars, pense no avô e avó como um Yoda para os pequenos. 

2. Criação mais saudável

Conviver com os avós torna as crianças mais bondosas e bem desenvolvidas pessoal e cognitivamente. Essa presença faz com que os pequenos se sintam amados, seguros e confiantes. Também contribui para a autoestima e a aquisição de habilidades sociais. Outro estímulo é saber lidar com as diferenças e aprender a respeitá-las.

3. Companhia mútua

Sabia que a convivência faz com que avós e crianças tenham menos sintomas de depressão e ansiedade? Isso foi constatado por uma pesquisa, que analisou quatro gerações entre os anos 1985 e 2004. 

Essa relação faz com que os pequenos vejam avós como pessoas confiáveis. Já os adultos conseguem manter uma vida ativa e estimular a cognição, diminuindo as chances de doenças degenerativas. 

4. Formação de raízes familiares 

Os avós são um elo importante para a história da família, compartilhando lembranças e momentos com a nova geração. Essa convivência ajuda a criar a identidade familiar e uma sensação de pertencimento, sentimento importante para o desenvolvimento emocional da criançada.

5. Contação de histórias fantásticas

Ser avó ou avô parece trazer uma habilidade natural para contar histórias e prender a atenção dos netinhos. Essas histórias ajudam a desenvolver a inteligência e a estimular a imaginação e a criatividade. Também ensinam valores, conceitos e linguagem. Além disso, incentivam o hábito da leitura, algo muito importante para a criançada. 

6. Apoio aos pais

Outra vantagem dessa convivência é o apoio aos pais. É comum que os pais tenham várias responsabilidades e precisem de ajuda na rotina com os pequenos. Os avós são companhias perfeitas para cuidar das crianças com muito amor, carinho e conhecimento.

Imagem de um avô e uma neta brincando com blocos de montar

Confira dicas para estimular e melhorar a convivência com os avós

Mesmo com tantos benefícios, é normal que surjam conflitos nessa convivência. Um exemplo é quando pais e avós discordam sobre a educação dos pequenos. Para isso, existem dicas para melhorar e estimular essa relação entre avós e netos. Confira quatro sugestões:

1. Confiança sem exigência

Avós e pais são de gerações diferentes. Por isso, é comum que as opiniões sobre cuidados com as crianças sejam divergentes. Porém, se os pais colocarem uma porção de regras rígidas sobre horários, alimentação e limites nos momentos com os avós, isso pode acabar tirando a magia da convivência. Recomendações são bem-vindas, mas confiança também, está bem?

2. Use jogos e brinquedos

Sabia que os brinquedos e jogos podem ajudar na convivência entre avós e netos? Além de serem superdivertidos, eles estreitam os laços entre os mais velhos e a criançada, que precisam se unir para aproveitar a brincadeira. Algumas sugestões são: quebra-cabeças, blocos de montar, massinha e até mesmo jogos eletrônicos.

3. Os avós e seu papel

Os avós precisam fazer sua parte para que a harmonia prevaleça na família. Isso quer dizer que eles precisam se atualizar sobre maneiras de educar, cuidados com a saúde e tendências de brincadeiras. Também é importante ter a mente aberta, afinal, os pequenos fazem parte de outra geração.

Além disso, é importante que os avós saibam definir limites e dizer “não” nos momentos certos. Deixar a criança fazer tudo o que tiver vontade pode prejudicá-la no futuro. Uma dica interessante é acompanhar as consultas ao pediatra e tirar dúvidas que possam surgir.

4. A contribuição da tecnologia

Para os avós que moram longe, a tecnologia é uma grande aliada. Chamadas por vídeo podem ser feitas pelo computador ou smartphone e são formas de manter a aproximação, mesmo a distância. Além disso, a tecnologia é parceira para que os adultos possam compreender melhor a nova geração e seus gostos.


Pronto! Agora você entende a importância dos avós na infância. Aproveite que está no blog Modo Brincar e confira também os benefícios da leitura para crianças e adolescentes.

Ver mais brinquedos incríveis

ATIVIDADES #MODOBRINCAR

Se divertir é

UAAAAAU!

Kaboom

Leia Mais

iupii

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *