7 lições que os filmes da Disney levam para as crianças

7 minutos para ler

Você deve se lembrar da sua infância, em que os desenhos e as animações da Disney, em VHS ou DVD, faziam parte dos seus dias. Muitas produções permanecem atuais e, principalmente, há diversas lições de filmes da Disney para usar.

Então, por que não unir o útil ao agradável e transformar a sessão pipoca em um momento de aprendizado? Com os filmes certos, é possível aproveitar ensinamentos valiosos.

Para que você saiba o que escolher, separamos algumas opções essenciais. Venha conferir 7 lições de filmes da Disney!

1. Mudanças fazem parte da vida

Às vezes, a turminha tem dificuldade quando rola alguma mudança na vida. Trocar de escola ou seguir para um novo endereço pode parecer ser o fim do mundo — mas não é, certo?

Para mostrar isso, você pode usar vários filmes da Disney. As sequências de “Toy Story”, por exemplo, contam a vida dos brinquedos e as mudanças que acontecem quando Andy, o dono de todos eles, vai crescendo.

“Cinderela” também mostra a mudança de vida da gata borralheira após a partida dos pais e, depois, com a chegada da sua fada madrinha. Em todos os filmes, é possível tirar coisas boas, mesmo quando a mudança foi indesejada. Então, vale a pena usar isso como ensinamento.

2. Você precisa se aceitar primeiro

A Rainha Elsa, de “Frozen”, tem um grande poder em suas mãos — literalmente. Capaz de transformar tudo em gelo, precisou esconder os seus dons por muitos anos, até mesmo de sua irmã, Anna.

Ao longo do filme, Elsa passa por muitas lições e aprendizados até que possa cantar a famosa “Livre estou”. Mas você sabe o que isso pode ensinar para as crianças? A autoaceitação!

Enquanto tentou corresponder às expectativas dos outros, Elsa foi infeliz e até perdeu o controle sobre os próprios poderes. Somente ao entender que aquilo poderia ser um dom e aceitar suas qualidades é que ela se tornou realizada.

Entre uma cantoria e outra da música queridinha da criançada, aproveite para reforçar como é importante nos amarmos para que os outros gostem da gente.

3. Valorize o que cada um tem de melhor

Entre as lições de filmes da Disney, também podemos abordar a importância de reconhecer os pontos positivos de cada pessoa. Em “O Corcunda de Notre-Dame”, por exemplo, Quasimodo não se limita à sua imagem. Seu grande coração e suas ações merecem reconhecimento pelo que elas representam. Em “Mogli”, Balu e Baguera, os companheiros do menino lobo, tinham personalidades diferentes, mas ambos foram essenciais para ajudá-lo em sua mais difícil batalha.

Em “Dumbo”, as grandes orelhas do elefantinho não precisavam ser um defeito e, na verdade, eram parte da sua maior habilidade. No filme “Valente”, Merida não estava pronta para escolher seu príncipe e, em vez disso, era uma habilidosa arqueira, querendo desenvolver seu talento.

Viu como em muitos filmes é possível buscar os pontos altos de cada personagem? Isso pode ser trazido para a turminha. Que tal fazer um jogo em que cada um diz o que mais gosta nos outros?

Trabalhar isso desde cedo fará com que as crianças enxerguem e valorizem as qualidades. Então, os relacionamentos podem ser muito mais saudáveis.

4. Nunca deixe um amigo para trás

“Ohana significa família e família significa nunca abandonar ou esquecer”. A mais famosa frase do desenho Lilo & Stitch é uma verdadeira lição de amor e companheirismo. Apesar de fazer referência, principalmente, ao relacionamento de Lilo com sua irmã mais velha, também tem a ver com o seu relacionamento com Stitch.

O bichinho travesso e até mal humorado se revelou um grande companheiro e esteve ao lado de Lilo em seus piores momentos. Uma lição parecida pode ser vista em “Toy Story”, que já citamos por aqui.

Nada melhor que assistir com a molecadinha e mostrar que ser amigo significa oferecer apoio, carinho e compreensão. Principalmente, tem a ver com o companheirismo e com a lealdade.

5. Não se preocupe demais

“Os seus problemas você deve esquecer. Isso é viver, é aprender, Hakuna Matata!”. Quem é que nunca ouviu (e cantou junto!) essa música, não é? Mais que uma canção-chiclete do desenho “Rei Leão”, ela traz uma lição bem importante: não vale a pena se preocupar demais.

Entoada pela dupla Timão e Pumba, para o pequeno leão Simba que tinha acabado de perder o próprio pai, a música também serve para a galerinha, sabia? E isso especialmente para a criançada que está em fase de escola e começa a se preocupar com provas e trabalhos.

Essa lição não tem a ver com nunca se preocupar e, muito menos, com não ser responsável. Na verdade, ela ensina a não deixar as preocupações e até os medos vencerem. É preciso ter confiança para conquistar. Uma bela lição, né?

6. A força do amor é mais importante do que a força física

A verdade é que, entre as lições de filmes da Disney, a força do amor é evidenciada em diversas produções. Quer ver?

Em “Hércules”, isso é destacado por Zeus, o mais poderoso da mitologia, apesar de toda a força de Hércules. Além disso, é uma lição vista, na prática, em “Mulan”. Além de demonstrar a força feminina, a personagem mostra toda a sua garra para vencer batalhas em busca dos seus objetivos.

Isso é ótimo para mostrar para as crianças que não é preciso ser o mais forte para ser gentil, bondoso ou honesto, por exemplo.

Também é uma forma de demonstrar que sentimentos verdadeiros podem gerar grandes impactos. Isso ajuda no desenvolvimento emocional da molecada e ainda faz com que os pequenos fiquem mais seguros para demonstrar como se sentem e lidar com as emoções.

7. Não julgue pela aparência

Se você já assistiu ao filme “A Bela e a Fera” sabe que a Fera, na verdade, era um belo príncipe. Um dia, uma senhora bem velhinha bateu na porta de seu castelo pedindo ajuda. Pela aparência da mulher, o príncipe se recusou a deixá-la entrar.

Então, ela se revelou uma poderosa bruxa, que o amaldiçoou a permanecer com o visual de Fera até que alguém o amasse de verdade. Apesar de todas as dificuldades, Bela se apaixona por ele e, graças à demonstração de seu amor, a Fera que dava arrepios no vilarejo volta a ser o príncipe de antes.

Para a molecadinha, é uma lição superimportante para não julgar as pessoas pelas aparências. A dica é mostrar que o que importa é o que está por dentro, combinado? Assim, podemos ter crianças muito mais tolerantes.

As lições de filme da Disney podem trazer ensinamentos sobre sentimentos, relações e comportamentos. Então, aproveite para apresentar esses títulos para as crianças e inicie um debate para saber o que cada um aprendeu após assistir. Que tal?

Deixe mais gente por dentro dessa forma de aprender mais! Compartilhe o post nas suas redes sociais e marque os seus amigos.

Posts relacionados

Deixe um comentário