Motoca para bebê: dicas para escolher a melhor opção!

5 MINUTOS DE LEITURA
1545
Imagem de uma criança andando numa motoca

Você já ouviu falar de motoca para bebê? Funcional, além de ser um brinquedo megadivertido, ela pode auxiliar na locomoção durante os passeios e contribuir para o desenvolvimento infantil. 

Então, o que é uma motoca? Basicamente, trata-se de um triciclo para bebê, desenvolvido com o formato ideal para transportá-lo com segurança e muita diversão. 

Quer saber mais sobre o objeto e descobrir como escolher o melhor modelo? Não se preocupe! Preparamos este artigo recheado de informações e dicas especialmente para você. Confira!

Motoca para bebê: benefícios e principais modelos!

A motoca para bebê é uma excelente opção de brinquedo para quem deseja mais praticidade no dia a dia. Como já dissemos, ela pode auxiliar no transporte dos pequenos e contribuir para o desenvolvimento deles, favorecendo diversas habilidades.

Em meio aos benefícios, podemos destacar que o miniveículo contribui para a coordenação motora infantil, principalmente dos braços e das pernas, graças ao design. Além disso, o objeto favorece reflexos, atenção e foco. 

Ele também ajuda a fortalecer ossos e articulações, tonificando a musculatura e melhorando a mobilidade. Sem contar que pode colaborar para a criança conquistar maior equilíbrio corporal. A seguir, veja os principais modelos disponíveis no mercado! 

Triciclo de plástico

O triciclo de plástico é considerado o modelo mais comum de motoca para bebê. Também conhecido como velotrol, ele é fabricado com rodas e toda a estrutura em plástico firme.

Triciclo elétrico

O triciclo elétrico é um modelo não muito popular, oferecendo um custo maior que os demais. Normalmente, ele não conta com pedais, é movido à bateria, possui câmbio com duas marchas (primeira e ré) e atinge uma velocidade máxima entre 4 e 6 km/h. 

Triciclo com haste de controle

Com uma estrutura igual à das versões de plástico, esse modelo possui pedais nas rodas frontais e hastes de metal na traseira, possibilitando que os pais conduzam as crianças. Assim, é a opção perfeita para passeios em família.  

Imagem de duas mulheres ajudando uma criança a andar de motoca

Como escolher a melhor opção de motoca para bebê?

Agora que você já sabe quais são as vantagens e os principais modelos, que tal descobrir qual é a melhor motoca para bebê?! Para isso, separamos algumas dicas para ajudar na escolha. Confira!

1. Siga as recomendações de idade 

Se você deseja a melhor motoca para bebê, a primeira dica é seguir as recomendações de idade. Portanto, opte por modelos indicados para a faixa etária do pequeno, que o comportaram de maneira adequada, com segurança. 

Normalmente, os triciclos infantis podem ser usados a partir de um ano de idade, principalmente modelos com cercado de segurança. Porém, alguns fabricantes recomendam o uso para crianças entre um e três anos.

2. Certifique-se das dimensões do brinquedo 

Outro passo importante na hora de escolher um triciclo infantil é certificar-se das dimensões dele. Veja qual é o tamanho de toda a estrutura e quantos quilos ela pode suportar. Dessa forma, é possível encontrar a versão correta de acordo com o peso do seu bebê. 

Alguns modelos anatômicos possuem o formato ideal para acomodar crianças de até 30 kg. Já outros só suportam até 20 kg. Por isso, é importante atentar-se para garantir a proteção dos pequenos. 

3. Priorize modelos com elementos de segurança

Na hora de escolher entre os modelos, também vale priorizar versões de motoca para bebê com proteção. Afinal, o brinquedo deve ser seguro para os pequenos aproveitarem com todo cuidado cada passeio. 

Em meio às peças, os principais elementos de segurança são: cercado de proteção (barreira lateral que previne quedas para os lados), cinto de segurança, freio traseiro e roda antiderrapante. Conferir esses itens traz um uso mais seguro e livre de acidentes.

4. Fique de olho nos acessórios

Entre a variedade de opções, existem modelos de triciclo infantil com diversos acessórios, como: objetos sonoros, luzes, painel de atividades, cestinhas, haste ajustável, apoio para pés e suporte para bolsas. 

Esses itens complementam o brinquedo, podendo contribuir para segurança, conforto e até desenvolvimento dos pequenos. Por exemplo, além de divertir as crianças, as buzinas estimulam a percepção de causa e efeito — pois o pequeno compreende que a ação gera um efeito, o som.

5. Opte por modelos com certificado de segurança

Por fim, ao escolher o modelo, não deixe de conferir se ele possui um certificado de segurança, como o do Inmetro — instituto federal que realiza testes nos mais diversos itens. Esse documento atesta que o objeto foi testado previamente e atende todas as exigências necessárias para o uso. 

Garanta mais dicas no blog #ModoBrincar

E aí, gostou do conteúdo e já sabe qual motoca para bebê escolher? Então, que tal aproveitar o tempo livre para navegar pelo blog #ModoBrincar e garantir mais dicas incríveis? Aproveite! 

Ver mais brinquedos incríveis

ATIVIDADES #MODOBRINCAR

Se divertir é

UAAAAAU!

Kaboom

Leia Mais

iupii

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *