Ofurô para bebê: entenda para que serve e quais são os benefícios!

6 MINUTOS DE LEITURA
1461
criança dentro de ofurô para bebê

Bastante utilizado nos tratamentos de prematuros, o ofurô para bebê é uma excelente forma de promover relaxamento e bem-estar. Desenvolvida na Holanda, em 1997, a técnica visa simular os estímulos e as sensações do útero materno, trazendo inúmeros benefícios aos pequenos. 

Nos primeiros meses de vida, a hora do banho é um dos momentos mais importantes da vida do bebê. Isso porque o contato com a água e os diferentes cheiros ajuda a estimular habilidades e sentidos, contribuindo para o desenvolvimento cognitivo, sensorial e emocional. 

Continue a leitura e confira mais sobre as propriedades do banho de ofurô para bebê. Este artigo está recheado de informações, com comentários da Dra. Fernanda Monteiro, terapeuta ocupacional, especialista em desenvolvimento e autora do livro Supergênios

Benefícios do ofurô para bebês

Semelhante a um balde convencional, o ofurô para bebê é uma espécie de banheira que dá a sensação de voltar ao útero materno. O formato é capaz de abrigar o recém-nascido em posição fetal, com água morninha envolvendo o corpo até a altura dos ombros.

Justamente por se assemelhar ao ventre da mãe, o ofurô é capaz de oferecer inúmeros benefícios ao bebê, contribuindo para um crescimento saudável. Confira, a seguir! 

Alivia as cólicas abdominais

Até o sexto mês de vida, é comum que os bebês sintam desconfortos abdominais — também conhecidos como as temidas cólicas. De acordo com o Ministério da Saúde, isso acontece porque o sistema digestivo dos recém-nascidos ainda não está totalmente formado.

Por ser preenchido com água morna, o ofurô ajuda a relaxar a musculatura do corpo, ativa a circulação sanguínea e permite que o pequeno fique em uma posição confortável. Isso ajuda a aliviar esse incômodo.

Aumenta o vínculo com os cuidadores

A hora do banho é um ótimo momento para estreitar laços e aumentar o vínculo do bebê com os cuidadores. Entretanto, o medo e a insegurança podem torná-lo um pouco estressante. 

Em um ofurô, como o bebê fica com o corpo submerso, é necessário somente apoiar a cabecinha com as mãos, o que facilita o processo. Assim, até com receio, os responsáveis podem aproveitar a ocasião para se aproximar do bebê, conversando e fazendo carinho. 

Normaliza batimentos cardíacos e frequência respiratória

Optar pelo banho de ofurô em bebê recém-nascido também pode favorecer o sistema cardiorrespiratório. Isso porque, ao reconstruir o momento intrauterino, o espaço faz com que o pequeno se sinta à vontade, normalizando os batimentos cardíacos e a frequência respiratória. 

“O ofurô traz uma sensação parecida com a que o bebê experimentou no útero materno. Por isso, tem grande poder de relaxar a musculatura e tranquilizar a respiração”, explica a doutora Fernanda. 

Promove relaxamento e bem-estar

O relaxamento muscular profundo é capaz de reduzir a produção de cortisol, conhecido como o hormônio do estresse. Essa redução diminui o ritmo cardíaco e respiratório, normaliza a pressão sanguínea e a intensidade de transpiração, assim como aumenta a temperatura das extremidades, como pés e mãos. 

Tudo isso acontece durante um banho de ofurô para bebê. Ao relaxar os músculos, o pequeno pode minimizar o estresse do parto e da própria adaptação com o mundo extrauterino, garantindo mais bem-estar.

criança dentro de ofurô para bebê

Como dar banho de ofurô em bebês?

Depois de conhecer os benefícios, é hora de descobrir como dar um banho de ofurô. O primeiro passo é esquentar a água até uma temperatura média de 36ºC (semelhante a do corpo). Então, deseje-a na banheira de ofurô para bebê, após a higienização, até uma altura próxima ao peito da criança.

Feito isso, coloque o pequeno no espaço com perninhas e braços encolhidos, em posição fetal. Também se recomenda embrulhar os recém-nascidos em uma fraldinha antes de colocá-los no ofurô, o que ajuda a aumentar a sensação de conforto e segurança.

Nos primeiros meses, orienta-se realizar a técnica em dois, para um dos cuidadores segurar o pescoço do bebê usando as duas mãos, enquanto o outro o limpa suavemente. Quando o pequeno estiver com a cabeça mais firme, apenas um responsável é o suficiente, tendo em vista que é possível usar a própria banheira de ofurô infantil para sustentá-lo.

“Em todos os casos, é fundamental que os cuidadores segurem a cabeça do bebê durante todo o banho. Assim, é possível deixá-lo aproveitar o momento até a água começar a esfriar”, enfatiza a terapeuta ocupacional. 

O que considerar na hora de escolher o ofurô?

Agora que você já sabe como garantir os benefícios do ofurô de bebê, que tal descobrir como escolher o modelo ideal para o seu pequeno? Para tomar uma boa decisão, a dica é certificar-se de aspectos como formato, capacidade e interior, buscando uma opção que se adeque à faixa etária e às necessidades da criança. 

Em geral, é possível encontrar modelos de ofurô para bebês de 0 a 6 ou 8 meses e versões indicadas para crianças de até 6 anos. Em relação ao formato, há versões compridas, finas, baixas e largas. A última opção é ideal para evitar tombamentos durante o uso. 

“Basear-se no tamanho do bebê é fundamental para escolher um bom ofurô, certificando-se que ele ficará confortável e seguro no espaço”, afirma a especialista em desenvolvimento. 

Ri Happy: encontre o ofurô para bebê ideal! 

Com tantos detalhes, deu para entender os benefícios de investir em um ofurô para bebê, né? Se você quer garantir a melhor opção para seu pequeno, não pode deixar de conferir os modelos disponíveis na Ri Happy. Aproveite! 

Fontes consultadas: 

LEME, Luiza. Banho de ofurô para bebês: o que é, como fazer e benefícios. IFraldas, [S. l.], p. 1, 15 jun. 2022. Disponível em: https://www.ifraldas.com.br/2022/06/15/ofuro-para-bebes/. Acesso em: 8 dez. 2022.

ATIVIDADES #MODOBRINCAR

Se divertir é

UAAAAAU!

Kaboom

Leia Mais

iupii

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *