Como montar um PC gamer: dicas para escolher as peças!

6 MINUTOS DE LEITURA
1372
criança jogando representando como montar um PC gamer

Quer aprender como montar um PC gamer e garantir mais qualidade para os momentos de diversão? Que tal conferir um passo a passo com todas as peças que não podem faltar nessa supermáquina? 

Diferente de um modelo convencional, um PC gamer completo é composto por mecanismos que aumentam a eficiência durante o uso, memória maior e capacidade de suportar diferentes processadores. Produzido especialmente para a reprodução de jogos, ele também precisa necessariamente apresentar boa performance gráfica. 

Para você saber como montar um PC gamer, o blog Modo Brincar preparou uma lista com as peças mais importantes, que não podem ficar de fora. Confira! 

Processador

Também conhecido como CPU (Central Processing Unit), o processador é uma das mais importantes peças em um PC gamer. O equipamento é o cérebro do computador, interferindo diretamente no desempenho dos jogos e no processamento de dados. Na hora de escolhê-lo, é fundamental levar alguns fatores em consideração: 

  • velocidade do clock: medida da velocidade de processamento em gigahertz (GHz); 
  • núcleos: também conhecidos como “core”, referem-se à unidade de processamento independente, conectada à CPU;
  • threads: linhas de trabalho que permitem que múltiplas execuções ocorram no mesmo ambiente do aplicativo com grande grau de independência uma da outra. 

Um dos modelos mais populares para PC gamers é AMD Ryzen 5 3600X. Com velocidade de 3,8 GHz, o processador conta com 6 núcleos e possibilita experiências imersivas únicas, dominando qualquer tarefa multithread, como 3D, renderização de vídeo e compilação de software.

Placa-mãe

A placa-mãe é outro mecanismo fundamental para quem deseja aprender como montar um PC gamer. Ela precisa ser compatível com o processador, trabalhando como uma espécie de “coração”, responsável por se conectar e comunicar com diferentes hardwares da máquina.

Para escolhê-la, é importante analisar aspectos como overclock da CPU, iluminação e opções de conectividade. Também é fundamental conferir a compatibilidade com o processador, as portas de comunicação e a empresa fabricante (que deve ser de confiança). Entre as opções mais comuns compatíveis com AMD Ryzen 5 3600X, estão ASRock A320M e ASUS Prime B450M-A. 

Placa de vídeo

Conhecida também como GPU, a placa de vídeo é o componente mais importante em um computador gamer. Isso porque ela é responsável por tudo que é exibido na tela para o usuário, fazendo conexão entre os componentes do PC e o monitor.

O funcionamento está completamente atrelado à CPU, que transmite informações para processar e exibir os gráficos na resolução e nas configurações desejadas. Por isso, é importante que ambas apresentem os mesmos potenciais. 

Para escolhê-la, a dica é considerar o VRAM (Video RAM, tipo de memória das placas de vídeo). Os modelos do tipo GDDR5 ou superiores são os mais indicados para os gamers.

Memória RAM

A memória RAM é considerada o terceiro mais importante componente para quem deseja montar um PC gamer. Isso porque ela pode interferir no desempenho dos jogos e está diretamente relacionada ao funcionamento do processador. 

Para escolher a opção ideal, é fundamental levar em consideração a quantidade de RAM — quanto mais tiver, melhor será o gerenciamento dos aplicativos pelo sistema e suprirá as necessidades de memória dos jogos. Entre os tipos indicados, estão:

  • 4GB: mínimo indicado para jogos leves e tarefas básicas de computação;
  • 8GB: excelente opção para jogos e multitarefas;
  • 16GB: mais indicado e o que melhor supre as necessidades tanto para jogos quanto para multitarefas. 

foto de mouse e teclado em cima de mesa representando como montar um PC gamer

Armazenamento (HDD ou SSD)

O armazenamento é um mecanismo que serve para manter dados que você quer executar uma ou várias vezes em um PC. O HDD (Hard Disk Drive) é um dos tipos conhecido como disco rígido, formado por partes móveis e mecânicas, que têm velocidades de leitura e gravação em torno de 150 a 200 MB/s — sendo uma opção indicada para quem busca por espaço.

O SSD (Solid State Drives) é outro tipo de dispositivo, conhecido como uma unidade de estado sólido, que funciona com componentes eletrônicos. O modelo mais básico pode operar em torno de 500 MB/s, mas é possível encontrar versões com velocidade de leitura e gravação de até 7.000 MB/s — opção indicada para quem busca velocidade.

Fonte de alimentação

Outra peça que não pode faltar na lista de quem quer aprender como montar um PC gamer é a fonte de alimentação. Não há muitos segredos na hora de escolhê-la, mas é importante considerar alguns fatores para não errar, como o fabricante, que deve de confiança para impedir que o sistema seja frito ou pegue fogo.

Verificar a potência suficiente para alimentar seu PC também é um bom caminho para escolher o modelo ideal. Você pode conferir isso em sites especializados, como o da SeaSonic. Além disso, a dica é sempre optar por versões com certificado 80+, que se refere à eficiência — quanto maior ela for, menos energia será consumida, e menos calor a fonte emitirá.

Gabinete

Decidir entre os tipos de gabinetes é uma das tarefas mais simples de como montar um PC gamer. O primeiro passo é escolher um tamanho que corresponda às dimensões da placa-mãe. Depois, é hora verificar se o modelo tem uma configuração adequada de resfriamento, com espaços para entrada e respiro de, ao menos, dois ventiladores. 

Feito isso, atente-se às configurações de resfriamento de água, tendo em vista que é necessário que o gabinete apresenta espaço para montagem de um radiador na parte superior. Lembre-se de certificar que o equipamento conta com entradas de fones, microfones e USBs. Depois disso, é só verificar a qualidade dos materiais e priorizar suas vontades. 

Teclado e mouse

Para quem deseja descobrir como montar um PC gamer barato ou mais profissional, escolher entre os modelos de teclado e mouse costuma ser uma tarefa difícil. Afinal, existem diversas opções disponíveis, indicada para todos os gostos e necessidades. 

Em relação ao teclado, a dica é priorizar o que faz sentido para o seu dia a dia, podendo variar entre opções de membrana ou mecânicas, com ou sem fio. Já para os mouses, a recomendação é buscar por modelos robustos e resistentes, que aguentam bastante cliques, além de terem um formato ergonômico, que se encaixe na mão e transmita conforto.

Monte seu PC Gamer com a Ri Happy!

Gostou das dicas e já sabe como montar um PC gamer? Na Ri Happy, você encontra tudo o que precisa para criar sua supermáquina, como processadores, memória RAM, gabinetes e mais. Confira e aproveite!

ATIVIDADES #MODOBRINCAR

Se divertir é

UAAAAAU!

Kaboom

Leia Mais

iupii

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *