Como escolher a melhor escola para meu filho?

4 minutos para ler

Escolher a melhor escola para as crianças não é uma tarefa simples, concorda? Afinal, não se trata apenas de optar por uma entre inúmeras instituições, mas sim de encontrar aquela que, além de oferecer uma educação de qualidade pensando no futuro profissional delas, contribuirá para o desenvolvimento emocional, social e intelectual da garotada.

Dessa forma, os pequenos podem se tornar adultos mais tolerantes, responsáveis, conscientes sobre o meio ambiente, com maior inteligência emocional, com diversas áreas de interesse etc. Justamente por isso, reunimos algumas dicas que ajudarão você nessa missão. Quer saber quais são elas? Então acompanhe!

Avalie a formação dos professores

Cá entre nós: um ponto crucial em qualquer escola é justamente o corpo docente, não é mesmo? São os professores que ensinam, auxiliam, tiram dúvidas e orientam a galerinha no dia a dia.

Portanto, vale a pena não só conhecer de antemão quem são eles, mas, acima de tudo, avaliar a formação deles. Tenha em mente que quanto mais bem capacitados, maiores são as chances deles realizarem um bom trabalho e marcarem positivamente o aprendizado dos pequenos.

Visite a escola para checar as dependências dela

Faça visitas guiadas à escola para conferir de perto como são as dependências dela. Se ela tem, por exemplo, bibliotecas para o aluno estudar quando for preciso, quadras poliesportivas para a prática de atividades físicas, laboratórios de informática para um maior contato com a tecnologia, brinquedotecas e playgrounds para o lazer no recreio etc.

Analise a quantidade de alunos por sala

Powered by Rock Convert

A terceira dica para escolher a melhor escola para as crianças é analisar a quantidade de alunos por sala em ambos os turnos matutino e vespertino, especialmente se a instituição conta com diferentes níveis — infantil, fundamental e médio.

Isso porque turmas muito cheias (com mais de 30 alunos, por exemplo) dificultam para o professor realizar um acompanhamento individual e personalizado para cada estudante. Sem mencionar que elas dão margem para maior desorganização e conversas paralelas durante a aula.

Confira as atividades extracurriculares

A escola deve ser um espaço que oferece muito mais que apenas uma rotina de aulas. Ela deve ter uma gama de atividades extracurriculares que não só ajudam na adaptação escolar, como contribuem diretamente para a socialização, a criatividade e a diversão infantil. Alguns bons exemplos de atividades são esportes, clubes de leitura, ensino de línguas estrangeiras e salas de pintura, música e desenho.

Cheque as iniciativas e os projetos do colégio

Fora as atividades extracurriculares, fique por dentro se o colégio conta com iniciativas e projetos que envolvem alunos, pais e comunidade, como cultivo e plantação de árvores, ações para ajudar pessoas carentes, oficinas de tradição e folclore brasileiro e aprendizado de libras. Isso é muito legal para ensinar às crianças sobre sociedade, natureza, cultura etc.

Pesquise sobre os valores da escola

Para encerrar, pesquise sobre os valores sobre moral, ética e respeito que a escola tem e repassa no convívio diário entre professores, estudantes e funcionários. É importante que eles estejam alinhados com os que você prega em casa para que a criança aprenda e se desenvolva em um ambiente sadio e próximo ao seio familiar dela.

Seguindo as nossas dicas, será muito mais seguro e descomplicado escolher a melhor escola para as crianças, viu? Afinal de contas, você as avaliará de modo mais completo e crítico, considerando todos os benefícios e diferenciais que ela pode trazer para o desenvolvimento e educação infantil.

Curtiu as sugestões? Então compartilhe com os seus amigos nas redes sociais. Assim, outros pais podem se inspirar e também escolher a melhor escola para os filhos deles!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário