4 dicas para manter as crianças seguras na Internet

3 minutos para ler

Por conta do isolamento social e das aulas remotas, os pequenos passam mais tempo navegando pela web. Com isso, as discussões sobre crianças e tecnologia também são destaque. Afinal, como manter as crianças seguras na Internet?

Temos certeza de que, se os pais pudessem, guardariam os filhos em um potinho só para protegê-los, não é mesmo? Como isso não é possível, o jeito é ficar de olho e fazer tudo o que estiver ao alcance para garantir a integridade física e mental, independentemente da fase da criança.

É comum surgirem dúvidas quando o assunto são os perigos na Internet. Pensando nisso, resolvemos trazer este post, que conta 4 dicas para proteger os pequenos. Para conferir, basta continuar a leitura!

1. Mantenha o diálogo aberto

O diálogo é sempre a melhor maneira de lidar com as crianças. Quando elas entendem as razões pelas quais os pais tomam uma decisão, é bem mais fácil de acatar as regras. Portanto, antes de mais nada, explique aos pequenos que na Internet também existem pessoas más que fazem coisas ruins.

Diga que vocês sempre estarão abertos a ouvi-los e que, se algo estranho acontecer, podem conversar. Seus filhos precisam enxergar os pais também como amigos em quem podem confiar. Oriente quanto ao risco de compartilhar fotos e dados pessoais. Fale que, assim como no mundo real, no digital também não se deve falar com estranhos.

2. Estabeleça limites

Seu filho já usa as redes sociais? Infelizmente, essas ferramentas são um prato cheio para quem quer fazer alguma maldade, principalmente, com pessoas mais vulneráveis, como as crianças. Sendo assim, limite o tempo de uso desses aplicativos, fique atento aos perfis falsos ou de estranhos e mantenha sempre o diálogo sobre os perigos por trás das redes.

Powered by Rock Convert

3. Crie o hábito de navegar com eles pela Internet

manter as crianças seguras na internet

Muito se fala sobre a invasão de privacidade dos filhos. Entretanto, saiba que monitorar as atividades das crianças na Internet se trata de segurança. Assim como você mantém seu pequeno por perto no mundo real, deve acontecer no virtual.

Uma boa dica é deixar os dispositivos em ambientes comuns, como na sala. Se o computador ficar no quarto, por exemplo, é mais difícil de acompanhar qualquer site e conversa suspeitos.

Também é interessante estar presente nas redes sociais como amigo ou seguidor. Dessa forma, você fica como um espectador e consegue visualizar o que o seu filho posta ou o tipo de conteúdo que ele consome.

4. Utilize uma ferramenta de controle para pais

Existem diversas tecnologias para o controle dos pais, que impedem o acesso a certos sites, como os proibidos para menores de idade, ou que permitem que a navegação seja monitorada. Antes de utilizá-las, é importante conversar com o seu filho sobre tal medida e reforçar que é para a proteção dele, e não uma falta de confiança ou invasão de privacidade.

Para manter as crianças seguras na Internet, todo cuidado é pouco. Por isso, é preciso intervir em qualquer situação minimamente suspeita. Além disso, é fundamental observar mudanças no comportamento dos pequenos, mesmo quando estão offline.

Gostou do nosso conteúdo? Saiba que sempre trazemos posts com informações importantes do universo infantil. Para ficar por dentro de tudo em primeira mão, assine a nossa newsletter agora mesmo!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário