Educação dos filhos: a importância da presença da família!

5 MINUTOS DE LEITURA
1879
mãe ao lado de suas duas filhas de origem asiática observando enquanto uma escreve

Não é nenhum segredo que a relação pautada no afeto e no respeito é importante para o desenvolvimento das crianças. Ainda que os adultos tenham uma rotina corrida e cheia de responsabilidades, separar um tempo só para elas contribui muito para a educação dos filhos.

Então, como é possível conciliar as obrigações e garantir uma educação positiva para os filhos? Qual é o impacto disso? Você confere as respostas para essas dúvidas neste conteúdo!

Qual é o papel dos pais na educação infantil? 

A alfabetização é uma etapa importante, mas muito desafiadora na criação dos filhos. Durante a primeira infância, o ato de aprender tira as crianças da zona de conforto, o que pode ser difícil para elas e para os familiares. 

O papel dos pais na educação dos filhos é amenizar o desconforto, atuando como apoio para os momentos de angústia. Para tornar o processo mais saudável, é fundamental acompanhá-los com serenidade, compreensão, afeto e paciência.

Além de deixar as coisas mais leves, a presença dos responsáveis permite que todos celebrem juntos as conquistas dos pequenos. Isso contribui tanto para o desenvolvimento deles quanto para relação familiar, estreitando os laços. 

Qual é a importância de participar da educação dos filhos?

O envolvimento dos responsáveis no processo de alfabetização dos filhos pode trazer benefícios a longo prazo. A presença dos familiares favorece o desenvolvimento acadêmico, emocional e social das crianças. 

A escola é responsável por transmitir o conhecimento, mas em casa, promove-se valores e hábitos. Isso pode servir para reforçar e colocar em prática o que acontece no âmbito escolar, possibilitando uma educação efetiva e saudável. 

5 dicas para estar presente na educação dos filhos

Mesmo sabendo dos benefícios, nem sempre é fácil colocar algumas ações em prática, especialmente quando elas exigem tempo e dedicação. O melhor caminho é buscar alternativas para conciliar as obrigações dentro e fora de casa. 

A equipe do #ModoBrincar separou cinco dicas para os pais na educação dos filhos. Confira e descubra como estar presente no dia a dia da criançada, a seguir! 

pai e filha sentados na cama lado a lado olhando para notebook enquanto criança ao lado mexe em tablet

1. Ajude nas tarefas escolares

Nos últimos três anos, a rotina dos pequenos mudou muito. Primeiro, eles tiveram aulas on-line. Agora, o retorno ao modo presencial tornou-se um desafio por conta da ansiedade de separação e do medo do novo ambiente. Separar um tempo para acompanhar as tarefas escolares ajuda a afastar as angústias e promove a educação.

Esse momento faz com que os pequenos vejam os responsáveis como portos seguros para dúvidas e anseios relacionados à escola. Entretanto, é importante que os adultos não se cobrem tanto para saber, em detalhes, sobre tudo que as crianças estão aprendendo. Basta estar ali para encontrarem juntos uma solução. 

2. Controle o uso dos eletrônicos

Os eletrônicos estão constantemente na rotina de todos. Eles são utilizados para estudo, diversão, trabalho e outras atividades no dia a dia. Porém, ao passar um tempo com os pequenos, é importante remover qualquer distração que possa tirar o foco do principal: as crianças.

Essa atitude ajuda a criar um vínculo de confiança entre os pais e os pequenos, além de demonstrar a importância do “não” na educação dos filhos. Ela ensina que existe um momento para cada atividade, como conversar, divertir-se on-line ou comer. Isso é muito útil para quem está educando e ajuda a evitar crianças sem limites, que relutam em largar os eletrônicos e se fecham para conversas.

3. Faça refeições em família

O momento das refeições em família pode ser uma ótima oportunidade para conversar e participar da educação dos filhos. Para isso, deixe que o assunto flua, sem pressionar os pequenos a falar ou expor algum sentimento. Nem sempre todos estão com o melhor humor ou disposição. Por isso, compreender essas diferenças é fundamental.

Para escolher o momento das refeições, é importante observar a dinâmica e entender o melhor horário para essa reunião. Lembre-se de que a rotina diária infantil não é um roteiro fechado. Tal liberdade deixa o tempo em família mais prazeroso e espontâneo.

4. Separe um tempo para brincar

Um dos erros que os pais cometem na educação dos filhos é separar o aprendizado da brincadeira. O ato de brincar é valioso na educação infantil. Além de deixar tudo mais divertido, ele garante memórias afetivas levadas com os pequenos durante toda a vida. 

Separar um tempo para brincar em família é uma forma de contribuir com a educação da criançada. Nesse momento, é possível usar jogos e brinquedos que colaborem com o desenvolvimento físico, cognitivo, social e emocional dos pequenos.

5. Crie pequenos projetos

Considerando os gostos e as personalidades de todos da família, crie pequenos projetos para a rotina dos pequenos. Fazer o vestido para uma boneca, montar uma cabana para assistir a filmes ou reformar um cômodo da casa pode contribuir muito para a educação dos filhos.

Deixar a família feliz não é sinônimo de seguir um roteiro único, nem jogar as responsabilidades apenas para uma pessoa. Na verdade, todos da casa devem contribuir com a educação dos pequenos, fazendo com que eles se sintam amados, cuidados e pertencentes.

#ModoBrincar: as melhores dicas para a sua família!

Gostou das dicas? Então, não deixe de conferir outros conteúdos do blog. Ele explica sobre o universo infantil, além de apresentar sugestões de brinquedos, brincadeiras e mais. Aproveite!

ATIVIDADES #MODOBRINCAR

Se divertir é

UAAAAAU!

Kaboom

Leia Mais

iupii

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *