Brincar de cozinhar: por que estimular esse passatempo?

4 MINUTOS DE LEITURA
286
mãe e filha de cabelos castanhos e pele clara na cozinha preparando refeição juntas

Brincar de cozinhar pode parecer simples, mas trabalha diversos sentidos e estimula a imaginação. Toda criança gosta de misturar ingredientes, criar novas receitas e ouvir o tradicional “hmm, que delícia!” dos adultos, mesmo que a comida seja de mentirinha.

Quer saber quais são os benefícios dessa brincadeira e conhecer algumas formas de introduzir a atividade na rotina dos pequenos? Continue acompanhando!

Benefícios de brincar de cozinhar

A prática de brincar de cozinhar atravessa gerações e faz parte de inúmeras culturas pelo mundo. Nessa brincadeira de faz de conta, os pequenos podem criar papéis e experimentar novas situações. A seguir, veja os principais benefícios.

Desenvolvimento emocional

Usando brinquedos de casinha, alimentos de verdade ou objetos aleatórios, como terra e folhas, o ato de brincar de cozinhar ensina muito aos pequenos sobre habilidades emocionais.

Esse ambiente lúdico abre espaço para a criançada explorar as próprias emoções livremente. Ao criar novos pratos, a turminha sente entusiasmo e pode experimentar frustração, caso a receita não dê certo.

O elogio aumenta a autoestima dos pequenos, enquanto os erros durante o preparo ensinam que nem sempre as coisas saem conforme o esperado. Além de tudo, a brincadeira é normalmente coletiva, envolvendo a família ou os amiguinhos, o que gera um senso de coletividade.

Desenvolvimento das habilidades motoras

Os atos de brincar com utensílios de cozinha, cortar e misturar ingredientes ou decorar pratos, mesmo que fictícios, ajudam no desenvolvimento da coordenação motora fina das crianças.

Essa habilidade envolve o uso coordenado e preciso de músculos presentes em três partes do corpo: mãos, dedos e pulsos. Desenvolvê-la possibilita atividades como escrever, desenhar, recortar, amarrar os sapatos, usar talheres, entre outras.

O desenvolvimento da habilidade motora fina durante a infância é primordial para o crescimento porque serve como base para muitos outros aprendizados em cada fase da vida. Alcançá-lo é o objetivo de brincar com panelas na educação infantil.

Tempo de qualidade em família

A brincadeira não apenas gera a oportunidade das crianças se desenvolverem e explorarem a criatividade livremente, como também cria momentos para aproveitar tempo de qualidade em família.

Enquanto a criança está no papel de cozinheiro, os adultos podem ser os assistentes ou os clientes de um restaurante imaginário. Essa colaboração gera memórias inesquecíveis e fortalece os vínculos familiares.

O interesse também pode ser uma ótima oportunidade para introduzir os pequenos no preparo das refeições da família de forma divertida. Cozinhando com as crianças, os adultos incentivam o senso de independência, desenvolvem o trabalho em equipe e tornam o momento ainda mais prazeroso.

mão de criança com farinha e mesa com massa representando brincar de cozinhar

Como brincar de cozinhar

Existem muitas formas de brincar de cozinhar, mas todas elas são superdivertidas! Você pode criar a própria brincadeira ou optar pelas mais tradicionais. Confira as ideias abaixo!

Restaurante

Está em dúvida sobre como brincar de restaurante com os pequenos? Nesse cenário imaginário, a criança pode ser o cozinheiro e os adultos, os clientes. Se for possível investir em fantasias específicas, como avental e touca branca, melhor ainda!

A partir daí, a garotada pode soltar a imaginação a respeito do tipo de comida servida, do modo de preparo, dos ingredientes utilizados, da montagem do prato e do que mais considerar importante para o funcionamento do próprio restaurante.

Lanchonete

É difícil encontrar uma criança que não goste de hambúrguer. Então, por que não incentivá-la a criar as próprias receitas? Brincando de lanchonete, ela pode elaborar um menu com os lanches preferidos e servi-los aos amiguinhos, aos adultos ou aos clientes imaginários.

Vocês podem fazer ingredientes com papel, plástico ou tecido e levá-los para a cozinha fictícia. Lá, o chef hamburgueiro vai preparar as mais deliciosas receitas e se divertir de montão.

Confeitaria

Outra boa ideia é unir a cozinha imaginária com a verdadeira e fazer uma tarde divertidíssima para os pequenos. Você pode assar cupcakes (pequenos bolinhos individuais) nos sabores preferidos das crianças e reuni-las para decorar os doces com tudo o que elas têm direito.

Experimente fazer alguns tipos diferentes de cobertura, como brigadeiro de chocolate branco ou de morango, deixar confeitos à disposição e chamar as crianças para colocar a mão na massa. Elas vão criar combinações inusitadas e amar a degustação depois!

Brincar de cozinhar não é apenas uma brincadeira. Com um pouquinho de criatividade, o passatempo rende momentos muito especiais em família. Portanto, reúna os pequenos para preparar ideias de receitas infantis!

ATIVIDADES #MODOBRINCAR

Se divertir é

UAAAAAU!

Kaboom

Leia Mais

iupii

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *