Meditação para crianças: veja os benefícios da técnica

3 minutos para ler

Seu filho só desliga enquanto está dormindo ou anda muito irritado nos últimos tempos? Saiba que a meditação para crianças é uma ótima solução. A prática, que visa ao bem-estar, ajuda no desenvolvimento infantil e traz diversos benefícios.

Hoje em dia, a criançada está superexposta a estímulos externos, como computadores, celulares e televisões, além de ter mil e uma atividades diárias. Como a mente anda não está preparada para lidar com tudo isso, é possível que haja consequências, como estresse, ansiedade e angústia.

Por esse motivo, é preciso ficar atento à saúde mental dos pequenos e ajudá-los a compreender todo esse turbilhão. É aí que a meditação entra em cena, conduzindo a mente para um estado de calma e relaxamento. Assim, é possível vivenciar o momento e atingir tranquilidade e paz interior. Quer saber mais como ela auxilia o seu filho? Continue a leitura e confira!

Quais são os benefícios da meditação para crianças?

Com a meditação, a criança passa a ter mais consciência e controle da mente, o que ajuda o desenvolvimento emocional, que é a capacidade de reconhecer e avaliar os próprios sentimentos e dos outros, algo importante não somente na infância, mas para toda a vida. Além disso, a técnica auxilia a:

  • ter mais concentração;
  • relaxar o corpo e a mente;
  • estimular a criatividade infantil e a imaginação;
  • respirar melhor em situações de estresse e acalmar;
  • dormir melhor;
  • reduzir a ansiedade;
  • melhorar o sistema imunológico;
  • trabalhar a empatia.

Como preparar o ambiente ideal?

meditação para crianças

É importante que a meditação seja feita em um ambiente silencioso, calmo e confortável, o que não significa necessariamente que seja um cômodo. Um parque ao pôr do sol, um jardim tranquilo e uma piscina relaxante também servem.

Como as crianças correspondem melhor no meio lúdico, crie um universo de seres e elementos que ajudem a fazer com que seu filho preste mais atenção. A intenção é que ele mergulhe na imaginação, como se realmente estivesse na história, e sinta as sensações que você descrever.

Como ensinar as crianças a meditarem?

Em primeiro lugar, é preciso entender se elas já estão prontas para isso. Não há uma idade prefixada para começar a meditação, mas é necessário que a criança já consiga acompanhar uma história. Isso porque ela precisará seguir instruções guiadas por você, pelo instrutor ou pelos áudios.

Tenha em mente que tudo é questão de prática e que raramente uma criança ficará parada em silêncio por mais de uma hora logo no início. Ela se distrai facilmente e forçá-la pode gerar mais estresse. Por isso, é importante introduzir a meditação de maneira gradual. Uma sugestão é começar pelo tempo da idade dela. Por exemplo, se seu filho tem 6 anos, inicie com 6 minutos.

A meditação para crianças é uma ótima ferramenta para desenvolver capacidades emocionais e autoconhecimento. Além disso, traz outros benefícios tanto físicos quanto mentais que serão importantes ao longo da vida.

Gostou do nosso post? Então, saiba que sempre trazemos conteúdos relevantes sobre o universo infantil. Para não perder nada, assine a nossa newsletter e receba as novidades em primeira mão!

Posts relacionados

Deixe um comentário