Jogo de xadrez para crianças: conheça os benefícios e como incentivar os pequenos a jogar 

5 MINUTOS DE LEITURA
3044
Imagem de duas crianças jogando xadrez
Dois meninos jogam xadrez

Depois da estreia de O Gambito da Rainha, na Netflix, muita gente voltou a se interessar pelo xadrez e viu quão divertido e emocionante é disputá-lo. Mas você sabia que, além disso, o jogo de xadrez para crianças é extremamente benéfico para o desenvolvimento delas em todas as fases da infância?

Pensando nisso, o blog Modo Brincar trouxe um guia para que você saiba como ensinar xadrez para crianças. Por aqui, vamos explicar qual é a idade mínima para jogar, como incentivar os pequenos a aprenderem e, ainda, listar alguns dos benefícios que o jogo traz. Separe o tabuleiro e comece a jogar!

Qual é a idade mínima para jogar xadrez?

Antes de entender melhor o que o xadrez ensina para a criançada, é importante saber que ele é indicado a partir dos seis ou sete anos. Isso porque, nessa fase, os pequenos já falam e se expressam melhor, além de terem mais coordenação motora (principalmente a fina, relacionada ao movimento das mãos).

É nesse momento também que a criança entra na terceira infância. Essa fase é  marcada pelo desenvolvimento mais amplo da cognição. Assim, os pequenos serão capazes de aprender, memorizar, utilizar e refletir sobre informações e conhecimentos mais complexos.

Nessa fase, os pequenos não serão capazes apenas de entender o que é o xadrez, mas como ele funciona, o papel de cada peça e seus movimentos, e qual é o objetivo de cada jogador. Isso, é claro, sem falar nas regras para brincar. Com esses conhecimentos, o jogo fica muito mais divertido!

É claro que as crianças menores de seis anos podem se interessar pelo xadrez. Não há problema algum, já que elas poderão se divertir bastante. Por outro lado, podem não compreender totalmente o jogo e usar o tabuleiro como palco ou cenário para peças que se transformam em bonecos. Isso é ótimo para a criatividade, mas, se for formar novos xadrezistas, foque na faixa etária que indicamos, certo?

Como incentivar o jogo de xadrez na rotina da criançada?

O primeiro passo para apresentar o xadrez para crianças é montar um planejamento em etapas. Assim, os pequenos poderão entender melhor as informações, levando em consideração que o jogo é um pouco complexo. Além disso, esse tempo de adaptação será bom para eles se acostumarem à novidade. 

Você pode, por exemplo, começar explicando cada peça e quais movimentos elas podem fazer durante o jogo. Depois, realize alguns treinos para que os pequenos se habituem a esses passos. Por fim, é só começar a realizar algumas partidas que farão com que as crianças entendam como vencer o outro participante.

Lembre-se sempre de que paciência é a chave para ensinar xadrez para crianças. É importante entender que cada um tem seu próprio ritmo de aprendizagem. Com apoio e acompanhamento, a garotada vai pegar o jeito, entendendo melhor como o jogo funciona e se interessando em aprender novas jogadas.

Imagem de um adulto e uma criança jogando xadrez

Quais são os benefícios do jogo de xadrez para os pequenos?

Depois de entender melhor a idade mínima e como incentivar o jogo de xadrez para crianças, é hora de conhecer os principais benefícios desse jogo para a criançada. Confira nossa lista:

1. Memória

O xadrez para crianças é excelente para que elas possam desenvolver a memória. Isso porque precisarão recordar o posicionamento das peças, os movimentos feitos e, é claro, as regras existentes. Elas se tornam, inclusive, mais ágeis para lembrar de velhos acontecimentos e até para narrar com precisão os detalhes, o que é importante na hora de aprender novos assuntos.

2. Empatia

O xadrez envolve vitórias, derrotas e empates para ambos os jogadores. Por isso, a criançada aprende a se colocar mais no lugar do outro, respeitando os sentimentos, as expectativas e as frustrações que o adversário sente. Esse aprendizado reflete na vida adulta, tornando as crianças adultos mais tolerantes, amigáveis e capazes de competir de maneira saudável.

3. Raciocínio

Pelas regras, é possível ver que o xadrez é um jogo de raciocínio. Afinal, o competidor precisará pensar em possibilidades de movimentos, prever os passos do adversário, considerar situações de xeque-mate, etc. Por isso, é uma excelente alternativa para desenvolver o raciocínio lógico dos pequenos e fazer com que tenham mais facilidade para pensar de maneira abstrata.

4. Concentração

Você sabia que o xadrez para crianças é excelente para incentivar a concentração? Isso porque os pequenos terão que manter o foco na atividade e ignorar as distrações ao redor. Esse desenvolvimento é muito benéfico, pensando nos momentos de estudo, provas, aulas e até mesmo num futuro trabalho.

5. Paciência

Se você assistiu O Gambito da Rainha, certamente percebeu que as partidas de xadrez podem durar várias horas. Portanto, a paciência se torna uma habilidade essencial e que é constantemente trabalhada pelos jogadores. Isso fará muita diferença na vida da criançada, que aprenderá a esperar pelos outros, a lidar com prazos e a entender que nem tudo é aqui e agora só porque ela deseja assim.


Gostou de saber mais sobre o xadrez para crianças? Aproveite que está conferindo este conteúdo e garanta o jogo no site da Ri Happy. Por aqui, temos também outros jogos de tabuleiro incríveis para que os pequenos possam se divertir e aprender!

Ver mais brinquedos incríveis

ATIVIDADES #MODOBRINCAR

Se divertir é

UAAAAAU!

Kaboom

Leia Mais

iupii

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *